quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

amor platónico

Sempre que te vejo, oiço, sinto é uma descarga de adrenalina inexplicável, já tentei controlar, fingir que não sentia nada, achar que devia esquecer tudo rápido antes que magoasse mas se não fosse a adrenalina provavelmente nunca saberia se era mesmo paixão, na verdade é sim e bateu-me forte...não vou fazer nada vou render-me apesar de tudo e deixar ir, não vou evitar, não me vou censurar não tenho culpa, não vou reprimir mas tambem não me vou declarar...já nem me importa se sentes o mesmo...até porque acho que de facto não o sentes, não te vejo com óculos cor de rosa, não tenho sequer uma ideia completamente pura do que és, nem sei claramente quem és...já nem é o que acho que és que me faz sentir assim ou o queria que fosses...gosto de ti por o que me fazes sentir inexplicavelmente, sem o saberes. Não sei bem se gosto mesmo mesmo de ti há muita coisa de ti que desconheço, o que eu gosto realmente é o que me fazes sentir só por estares aí, não interessa vives e eu gosto de quando passo por ti e sinto todos os meus sentidos em êxtase. É pura adrenalina, e a adrenalina vicia e eu não minto eu gosto. Já tinha o coração fechado há algum tempo e frio tu vieste por assim dizer aquecer-me o coração e arrombaste a fechadura sem pedir licença mas não fizeste de propósito aconteceu-me. E eu que não via romances e não chorava nunca nesses filmes agora sinto exactamente ou muito perto disso o que isso tudo significa...é poético, profundo, é mágico. Mesmo quando nem é correspondido é paixão, é amor...dá me a prova que estou viva, é como se tivessem-me enfeitiçado, é magia e eu estou completamente rendida.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Terra do Nunca/ Neverland


Se voltassemos atrás e o Peter Pan existisse mesmo e me pudesse levar para a Terra do Nunca onde as crianças nunca crescem como eu tanto gostava acho que mesmo assim nunca conseguiria voar porque para voar é preciso ter pensamentos felizes. Há uma música dos My Chemical Romance, Headfirst for Halos sobre isso (de referir que a 1ª vez que o Gerard Way o vocalista cantou em público foi numa peça de teatro na escola em que fazia de Peter Pan, e também não queria crescer): "Well let's go back to the middle of the day that starts it all I can't begin to let you know just what I'm feelin' and now the red ones make me fly and the blue ones help me fall and I think I'll blow my brains against the ceiling and as the fragments of my skull begin to fall, fall on your tongue like pixie dust, JUST THINK HAPPY THOUGHTS! THINK HAPPY THOUGHTS, THINK HAPPY THOUGHTS, THINK HAPPY THOUGHTS!" Precisamente o que o Peter Pan dizia à Wendy e aos seus irmãos.


Traduzindo à letra o refrão vemos um pouco do lado negro: "Voltemos ao início do dia que começa tudo, não consigo começar por te dizer como me estou a sentir e agora os vermelhos fazem-me voar e os azuis ajudam-me a cair e eu penso que vou rebentar com os meus neurónios no tecto e á medida que os fragmentos da minha caveira começam a cair caem da tua boca como pó de fada (pixie dust)...pensa só coisas felizes!"

Mas eu interpreto toda a música como uma intrepretação da história do Peter Pan, o imperativo: "pensa só coisas felizes" (just think happy thoughts), o pó de fada (pixie dust) alusivo à Sininho, o começar a ter tantos pensamentos felizes que podem fazer-nos rebentar no tecto do quarto (and I think I'll blow my brains against the ceiling)...

Quando não temos pensamentos felizes ou não temos pensamentos ou são infelizes e o que no Peter Pan se traduz numa queda a nós também, uma queda abrupta emocional de motivação e alegria, mas os pensamentos felizes fazem-nos voar.....

Depressão/Dados

* Há em média 800 mil suicídios por ano no Mundo.
*A depressão mata 1200 pessoas por ano em Portugal.
*1 em cada 4 pessoas em todo o Mundo tem teve ou vai sofrer de depressão.
*Até 2030 a depressão vai tornar-se a doença mais comum em todo o Planeta, mais até que o cancro e as doenças cardíacas
*Sintomas clássicos de depressão: tristeza, pessimismo, falta de auto-estima, irritabilidade, desinteresse
*Sondagens revelam que em cada cinco adolescentes um sofre de depressão. A depressão pode assumir várias formas nomeadamente a Perturbação Bipolar (também designada por perturbação maníaco- depressiva) que é um estado que alterna entre períodos de euforia e depressão.
*Nos últimos anos tem havido um aumento nos casos de suicídio adolescente. Todos os anos mais ou menos 5 mil jovens entre os 15 e os 24 anos matam- se.