quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

amor platónico

Sempre que te vejo, oiço, sinto é uma descarga de adrenalina inexplicável, já tentei controlar, fingir que não sentia nada, achar que devia esquecer tudo rápido antes que magoasse mas se não fosse a adrenalina provavelmente nunca saberia se era mesmo paixão, na verdade é sim e bateu-me forte...não vou fazer nada vou render-me apesar de tudo e deixar ir, não vou evitar, não me vou censurar não tenho culpa, não vou reprimir mas tambem não me vou declarar...já nem me importa se sentes o mesmo...até porque acho que de facto não o sentes, não te vejo com óculos cor de rosa, não tenho sequer uma ideia completamente pura do que és, nem sei claramente quem és...já nem é o que acho que és que me faz sentir assim ou o queria que fosses...gosto de ti por o que me fazes sentir inexplicavelmente, sem o saberes. Não sei bem se gosto mesmo mesmo de ti há muita coisa de ti que desconheço, o que eu gosto realmente é o que me fazes sentir só por estares aí, não interessa vives e eu gosto de quando passo por ti e sinto todos os meus sentidos em êxtase. É pura adrenalina, e a adrenalina vicia e eu não minto eu gosto. Já tinha o coração fechado há algum tempo e frio tu vieste por assim dizer aquecer-me o coração e arrombaste a fechadura sem pedir licença mas não fizeste de propósito aconteceu-me. E eu que não via romances e não chorava nunca nesses filmes agora sinto exactamente ou muito perto disso o que isso tudo significa...é poético, profundo, é mágico. Mesmo quando nem é correspondido é paixão, é amor...dá me a prova que estou viva, é como se tivessem-me enfeitiçado, é magia e eu estou completamente rendida.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Terra do Nunca/ Neverland


Se voltassemos atrás e o Peter Pan existisse mesmo e me pudesse levar para a Terra do Nunca onde as crianças nunca crescem como eu tanto gostava acho que mesmo assim nunca conseguiria voar porque para voar é preciso ter pensamentos felizes. Há uma música dos My Chemical Romance, Headfirst for Halos sobre isso (de referir que a 1ª vez que o Gerard Way o vocalista cantou em público foi numa peça de teatro na escola em que fazia de Peter Pan, e também não queria crescer): "Well let's go back to the middle of the day that starts it all I can't begin to let you know just what I'm feelin' and now the red ones make me fly and the blue ones help me fall and I think I'll blow my brains against the ceiling and as the fragments of my skull begin to fall, fall on your tongue like pixie dust, JUST THINK HAPPY THOUGHTS! THINK HAPPY THOUGHTS, THINK HAPPY THOUGHTS, THINK HAPPY THOUGHTS!" Precisamente o que o Peter Pan dizia à Wendy e aos seus irmãos.


Traduzindo à letra o refrão vemos um pouco do lado negro: "Voltemos ao início do dia que começa tudo, não consigo começar por te dizer como me estou a sentir e agora os vermelhos fazem-me voar e os azuis ajudam-me a cair e eu penso que vou rebentar com os meus neurónios no tecto e á medida que os fragmentos da minha caveira começam a cair caem da tua boca como pó de fada (pixie dust)...pensa só coisas felizes!"

Mas eu interpreto toda a música como uma intrepretação da história do Peter Pan, o imperativo: "pensa só coisas felizes" (just think happy thoughts), o pó de fada (pixie dust) alusivo à Sininho, o começar a ter tantos pensamentos felizes que podem fazer-nos rebentar no tecto do quarto (and I think I'll blow my brains against the ceiling)...

Quando não temos pensamentos felizes ou não temos pensamentos ou são infelizes e o que no Peter Pan se traduz numa queda a nós também, uma queda abrupta emocional de motivação e alegria, mas os pensamentos felizes fazem-nos voar.....

Depressão/Dados

* Há em média 800 mil suicídios por ano no Mundo.
*A depressão mata 1200 pessoas por ano em Portugal.
*1 em cada 4 pessoas em todo o Mundo tem teve ou vai sofrer de depressão.
*Até 2030 a depressão vai tornar-se a doença mais comum em todo o Planeta, mais até que o cancro e as doenças cardíacas
*Sintomas clássicos de depressão: tristeza, pessimismo, falta de auto-estima, irritabilidade, desinteresse
*Sondagens revelam que em cada cinco adolescentes um sofre de depressão. A depressão pode assumir várias formas nomeadamente a Perturbação Bipolar (também designada por perturbação maníaco- depressiva) que é um estado que alterna entre períodos de euforia e depressão.
*Nos últimos anos tem havido um aumento nos casos de suicídio adolescente. Todos os anos mais ou menos 5 mil jovens entre os 15 e os 24 anos matam- se.

domingo, 29 de novembro de 2009

suicídio




Um dos muitos tabus da nossa sociedade é o suicídio, hoje em dia fala-se de tudo muito à vontade: doenças, vícios, terrorismo, sexo...mas o suicídio é um tema marginal a todos que embora patente em muito no nosso dia-a-dia é sempre posto de parte. É um tema tão mas tão constrangedor que preferimos pensar que não existe isso! Exemplos disso é quando o metro ou o o comboio pára de repente, fecham-se as linhas e só nos comunicam: "devido a a problemas técnicos a circulação na linha do metro tal encontram-se temporariamente interrompida". Eu acho que se alguém se atirou mesmo deveríamos ter o direito de o saber, mas isso seria demasiadamente chocante no nosso dia e muitas vezes acreditamos que há problemas técnicos quando na verdade alguém se transformou numa poça de sangue mesmo abaixo dos nossos sapatos.
O suicídio sempre foi algo muito censurado em todas as sociedades humanas em todos os séculos e culturas, na idade média quem se suicidava não tinha direito a uma sepultura, o seu corpo era exposto a apodrecer para demover outras pessoas de cometerem o mesmo acto. A bíblia censura o suicídio, as almas suicidas nunca vão para o Céu pelo menos numa visão cristã...já há extremistas islâmicos( felizmente uma minoria) que acreditam que ao fazerem-se rebentar em prol do seu Deus vão mesmo para o Céu. A pior coisa que há num suicida não é a vontade que ele tem de morrer mas a sua falta de coragem e desejo de não partir só, por isso muitos suicidas são também assassinos.
Mas o suicídio não tem de ser uma coisa necessariamente nefasta na mente de um suicida pois pode ser também a solução a um problema insolúvel, a uma vida cheia de dores e mágoas, pode deixar de ser um acto de desespero para ser um acto de esperança pois ao cometer-se suicídio a pessoa tem esperança de melhorar a sua situação achando qu acabando a sua vida fisicamente acaba toda a sua dor, não voltará a sentir mais nada e pelo menos esse nada que espera será sempre melhor que a dor que sente. A questão é que é isso que essa pessoa espera e não o que possa acontecer...nunca saberá realmente o que irá acontecer mas a esperança do nada fá-la tentar essa hipótese.
Muitas culturas comparam também o suicídio a um homicídio e em alguns países ainda hoje as pessoas que tentam cometer suicídio são presas.
Para muitos é um acto de cobardia cometer suicídio para outros coragem, mas não se sabe ao certo pois quem acha que foi uma cobardia nunca teria coragem de o cometer. Mas cobardia de quê? De enfrentar os seus problemas ou de levar com a sua dor insuportável por tempo indeterminado? Deve solucionar os seus problemas? sim sem dúvida. Mas  por outro lado, alguém pediu para estar aqui? Não ninguém pediu e tem de levar com a vida que lhe apareceu ou esforçar-se por mudá-la mas nunca ninguém será poupado à dor.
Se não morremos hoje, amanhã ou depois um dia iremos morrer então para quê temer? para quê viver com medo de um destino inalterável? para quê desejá-lo antes do tempo?e se não formos nós a pôr-mos um termo a isto será outra coisa qualquer que nos vai levar...ao menos com o suicídio estaremos entregue a nós próprios e não nas mãos de um qualquer assassino ou de uma morte estúpida que acaba assim tudo de repente, tão brutal, tão insensível, tudo tão estúpido!
Dizem que temos uma altura certa para ir, então as pessoas que são assassinadas tinham de ir assim? se sim porquê? E um bebé que foi morto à paulada também tinha de ir assim? Não para mim não há uma altura H as coisas acontecem aleatoriamente, ponto!
Raramente, mas às  vezes até penso que mais sorte do que já estar morto seria nunca ter existido pois isso pouparia imensa dor, imensa confusão, imensa responsabilidade que temos apenas por sermos vivos e conscientes.
Toda a gente tenta esconder o suicídio e a eutanásia, mas são coisas que têm de ser aceites e não censuradas.
 Se temos uma vida miserável, não queremos mais viver, estamos cansados, queremos ir...então quem nos pode impedir?
Aquelas pessoas que estão completamente paralisadas, um que vi na TV só mexia os olhos ele não queria mais viver assim, viver fazia-lhe sofrer...era até desumano deixá-lo viver, até que por compaixão um amigo o desligou da máquina e ele partiu com esperança de a seguir vir aquele nada que faria tudo passar. Essa pessoa que desligou a máquina foi presa e julgada.
Outro exemplo que perguntei a umas pessoas cristãs: "se eu fosse uma cristã do tempo dos romanos numa jaula para servir de alimento a leões na arena do coliseu seria errado eu me suicidar?". Bem, elas disseram-me que sim! Eu pessoalmente preferia matar-me do que me matarem e acho que sofreria muito menos.
 Mas quem é que pode dizer a alguém que tem de viver, como se não pudesse decidir nada sobre ela mesma...se ela sente na pele e não gosta de o sentir vê na morte um nada melhor que a dor... quem lhe pode obrigar a viver?
Mas que fique esclarecido eu sou contra o suicídio, acho que devemos tentar focar-mo -nos sempre mais nas soluções do que nos problemas, tentar ver o lado positivo da vida mas acima de tudo sermos a mudança que queremos ver no mundo, se não gostamos deste mundo devemos unir esforços para o melhorar e não desistir dele...não obstante não condeno as pessoas que cometeram suicídio, no fundo tenho uma profunda pena delas e encho-me de tristeza sempre que alguém decide ir por esse caminho.
 Nenhum de nós quis estar aqui, planeou, sonhou sequer...não há razão para estar não há razão para ir resume-se tudo a uma incompreensão e esperança até no nada...a esperança será mesmo a última coisa a morrer, ela morre connosco.

Broken Heart


"E depois da paixão vem a desilusão mas eu já não tenho borboletas no estômago, o que tenho é uma leve sensação de vómito sempre que olho para ti até me ficares totalmente indiferente e esquecer que existes"

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

amigo

amigo que é meu amigo verme-á na mais podre solidão e miséria emocional ou de outra índole, estender-me-á a mão, não se recusará, não virará os olhos, abraçar-me-á até todos os soluços passarem e enxugarme-á todas as lágrimas, irá tentar entender-me e embora saiba que sou apenas mais uma pessoa no Mundo far-me-á sentir o Mundo dessa pessoa, dar-me-á um valor inestimável que será retribuído porque a um amigo farei o mesmo.
Mas isso é pedir demais! Já ninguém dá já ninguém recebe! talvez a maior defesa de todas seja partir do princípio que nem amigos tens só conhecidos e pessoas com as quais te dás bem pessoas que te querem bem já nem tanto, mas se não gostares realmente de alguém é da maneira que não te desiludes.
conselho nº1: espera até essa pessoa te dizer que é tua amiga, assim não sentes mais por essa pessoa que ela por ti e por isso não és tu que sais desiludido ou magoado da situação porque será essa pessoa de início a gostar mais de ti.
concelho nº 2: só desejes quem te deseje igualmente.
concelho nº3: nunca confiar plenamente.
concelho nº4: esclarecer tudo falando.
concelho nº5: não sofrer por pessoas que nãovalem a pena
e eu que já devia de ter ido no final ainda cá estou, não sei por quanto mais mas não deverá ser importante o que interessa não são os anos da tua vida mas a vida dos teus anos...pois a minha tem poucos anos e pouca vida por isso não valerá de muito, pelo menos de nada valeu até hoje.

sábado, 14 de novembro de 2009

Aniquilação Global










Bem este tem mesmo de ser um post bastante curto em relação às teorias que tenho vindo a desenvolver sobre este tema, até porque não disponho de muito tempo mas a verdade é que estamos a caminhar a passos largos para a aniquilação global de todas as espécies incluindo a nossa, o nosso desenvolvimento social e económico tem deixado profundas cicatrizes no planeta Terra e temos vindo a degradá-lo, profaná-lo e destruí-lo ao longo dos tempos...e porquê? é essa a questão que muitos querem ignorar!

Acho que acima de tudo é por sermos muitos, bastantes aliás...o Mundo não suporta a existência de tantas pessoas a ter de dispor dos recursos naturais, tanto para a sua sobrevivência como para uma vida confortável e quanto a mim legítima! Uns têm tanto e outros tão pouco, é verdade...mas todos se calhar queríamos o máximo de conforto o que se traduziria em mais gastos energéticos e exploração de recursos...se te dissessem para ires viver numa casa de palha e deixares uma vivenda grande e aconchegada com piscina em prol do planeta o que preferirias tu?

A nossa sociedade tem evoluído para uma igualdade em termos de distribuição da riqueza, exemplo disso é o desenvolvimento da China e de mais novas superpotências que dantes eram países muito muito pobres tais como o Brasil. Uma riqueza mais distriubuída traduz-se em maior humanidade mas olhem os recursos a gastar-se mais depressa!Mesmo na China em que há um controlo duro, cruel e desumano de controlo de natalidade em que um casal só pode ter um filho e por isso as pessoas não têm irmãos, nem tios, nem primos...olhem só para aquele estrago! Agora todos querem um carro, as cidades estão cobertas de cinza pelas fábricas que produzem coisas para os EUA e a Europa importarem. Todos queremos coisas, todos queremos ter, todos queremos mais e mais e há outros tantos mais a quererem o mesmo...a Terra não aguenta!

Ficou patente no que eu disse que tenho uma visão Malthusiana do assunto, que embora seja injusta é racional: a população tem de ser controlada de modo a que não se transforme numa praga...

Mas é injusto! Sim é, porque é que não há lugar para todos? Provavelmente Deus, se é que existe haveria de ter feito um Mundo maior! E então porque o não fez?

E qual o propósito da nossa existência? sinceramente às vezes (muitas vezes) parece não ser nenhuma! Parece que "acontecemos", do género fomos gerados e se calhar os nossos pais não nos quiseram "desmanchar" e puseram-nos cá fora a fazer não se sabe o quê. E antes disso quantas possíveis vidas terão sido negadas? do género: não tenho tempo, não tenho dinheiro, sou novo, sou velho, não quero! Realmente acho que só se devia de ter filhos quando as pessoas quisessem mas mais importante ainda se nós tivéssemos conhecimento prévio do que nos iria acontecer...mas para o menor dos males há o suicídio. Anda tudo vivo mas não sabem porquê! Preocupam-se coisas inúteis para esconder a verdade dormente: não conseguem encontar explicação nem propósito da sua existência e vão-se entretendo com coisinhas de nada!

A maior conclusão que posso tirar de todos os meus pensamentos é que a humanidade é uma praga que tem de ser travada quer seja pelo seu controlo populacional, e não excesso de consumo, quer seja pela sua exterminação. Um genocídio global voluntário (suicídio de massas) poderia ser uma hipótese a considerar, parar de ter filhos acabando com as gerações de destruidores também...mas vendo bem as coisas, vendo bem muito muito bem não é isso que se quer porque o objectivo dos homens não é salvar a Terra é apenas desfrutar da sua existência no seu maior conforto, que se lixem os filhos que vão ter e os netos eu estou a pensar em mim! E esta mentalidade parece não querer mudar!

Todos os países que assinaram o protocolo de Kyoto e o ratificaram têm a obrigação de reduzir a emissão de gases do efeito estufa em, pelo menos, 5,2% em relação aos níveis de 1990 no período entre 2008 e 2012...mas pensemos então no que sucede: NÃO PÁRA DE AUMENTAR! E mesmo que hoje paremos as emissões de CO2 como o tempo de residência desta molécula na atmosfera é da ordem de uma centena de anos, iríamos continuar a sofrer os efeitos do CO2 e do aquecimento global durante mais cem anos...a questão é como assegurar o desenvolviemento da humanidade não comprometendo a sua qualidade de vida, nem tanto assegurar a permanência de espécies...só aquelas que nos dão jeito, as outras podem desaparecer a cada segundo que passa!!!!! A questão aqui é: HUMANOS, HUMANOS E MAIS HUMANOS! Ninguém estaria interessado a abdicar da sua vida ou do seu conforto para assegurar a existência da Terra com a sua biodiversidade de paisagens lindas onde o betão das nossas cidades não chegou ainda!

Lembro-me de um filme que vi chamado : "The day the Earth stood still", com o Keanu Reeves não gostei muito do fime em si mas a mensagem é exactamente a que eu disse à pouco: um E.T vinha de outro planeta para tirar amostras de DNA de todas as espécies da Terra menos do Homem para depois de aniquillar a humanidade (isto é, depois de limpar a Terra) fazerem um repovoamento, pois após de imenso tempo a expiar-nos concluíram que a humanidade não ia conseguir mudar de rumo e que só havia duas alternativas: a Terra ou os Humanos! Por isso iriam destruir a humanidade e depois repovoar a Terra, basicamente o que eu acho que Deus havia de fazer.
Nós não temos legitimiadade nenhuma para acabar com outras formas de vida na Terra apenas porque nos queremos desenvolver (insustentávelmente)! Ainda para mais fazendo-o conscientemente!
Mais não seja nada mais é necessário, a humanidade tem um histórico de genocídios, guerras, artilharia e munições muito sangrento...evoluímos para a era em que carregar num botão pode levar tudo pelos ares, conhecimentos de experiências científicas são usadas para armamentos nucleares e do nada se algum político decidir que vai haver uma Guerra lá vão os soldados, sargentos e companhia matar e nós assistimos a tuda na TV!E pronto...um dia será a última Guerra! Ou então as experiências subatómicas do CERN podem ser assim tão boas que podem levar à explosão da Terra num micro-segundo...a inteligência é ardilosamente perigosa! Ou então sei lá pode ser uma coisa mais dolorosa e quem sabe mais estúpida do tipo poluir a Terra toda, mudar todo o clima global, ficar sem terrenos agrícolas férteis, sem chuvas (só ácidas)...desencadear-mos uma série de fenómenos meteorológicos sem aparente influência nossa (como o Furacão Katrina e outros tantos fenómenos destruidores), morrermos todos à fome e à sede...uma morte mais lenta!

Ou então podemos conseguir arranjar um sentido para isto não sei como não sei aonde certo é que apesar de não sabermos reside em nós todos a esperança de encontrar esse sentido, arranjar alternativas viáveis à nossa existência (energias limpas e o não consumismo) e viver em harmonia com a Terra. Vamos a tempo?










domingo, 8 de novembro de 2009

Escalada em Sintra


Este fim de semana fui a Sintra e fiz uma caminhada louca por íngremes caminhos até às muralhas do castelo dos mouros em Sintra, sentia-se uma misticidade no ar, algo de medieval e diferente de tudo, de outra dimensão, foi uma experiência única que adorei...
Ao longo da vertiginosa caminhada vertical passei por uma porta giratória, vi a casa onde ficou Hans Christian Anderson aquando da sua visita a Portugal e passámos por uma casa rústica em que à sua porta estava uma carrinha ambulante enfeitada de espanta-espíritos, cartas de tarot e outras misticidades relevantes, escrito atrás estava: "As fadas chegaram!".
Claro que o travesseiro de Sintra e o licor de ginja amorteceram todo o esforço e a vista era de cortar a respiração bem como o frio. Aquela escalada fez-me lembrar a vida: " a vida é uma dura escalada...mas a vista é linda!"

domingo, 1 de novembro de 2009


 "Grandes amizades que se perderam por pequenas coisas, nunca foram grandes e muito menos amizades"

sábado, 31 de outubro de 2009


O QUE É UM AMIGO?

*Um amigo é aquela pessoa que está sempre lá para tudo o que precisares, aparece sempre nas alturas certas sem sequer precisares de dizer que precisas dele.
*Um amigo é aquela pessoa indispensável na tua vida, uma âncora na tua estabilidade emocional.
*Um amigo é com quem queres estar todos os dias, nenhum tempo é mais preciosos vale mais do que aquele que estás com um amigo.
*Um amigo não te diz que sim a tudo alertando-te para os perigos das tuas decisões mas deixando-te a liberdade de escolheres o teu próprio caminho.
*Um amigo é aquela pessoa que se preocupa em como tu estás, como te sentes, o que te dói, o que te preocupa.
* Um amigo NUNCA te diz coisas que sabe que à partida te vão magoar.
*Um amigo é capaz de entender a tua dor.
*Um amigo não fala mal de ti nas costas.
*Um amigo não te trai.
*Um amigo jamais sentirá inveja de ti, sentir-se-á sempre feliz pelos teus sucessos.
*Para um amigo não há segredos importantes há confiança mútua.
* Um amigo não é egoísta, partilha tudo.
*Um amigo ajuda-te a levantares-te do chão sempre que cais.
* Um amigo perdoa.
*Um amigo não despreza.
*Um amigo telefona, escreve, lembra-se de ti de vez em quando...e vai dizendo que está vivo.
*Um amigo esforça-se para te entender.
*Um amigo tem sempre tempo para ti.
* Um amigo dedica-se a ti sem pedir nada em troca, apenas a tua confiança, consideração e amizade.
* Um amigo dá-te o ombro para chorar.
* Um amigo está sempre lá: na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza.
* Um amigo aconcelha não critica.
*Um amigo é alguem em quem podes confiar.
*Um amigo é alguem que conheces tão bem como a ti mesmo.
*Um amigo é fundamental.
*Ninguem vive bem sem amigos.
*Um amigo faz-te sentir bem em relação a ti mesmo e ao mundo.
*Um amigo aceita-te como és.
*Um amigo é especial.
*Um amigo é raro.
*Um amigo é um tesouro.
*Um amigo tem de ser correspondido.
*Um amigo por mais diferente que seja de ti tem de ter pontos de interesse contigo.
*Um amigo é alguem com quem possas não só desabafar e contar nos maus momentos mas também alguém com quem possas fazer coisas que gostas e coleccionar bons momentos.
*Não ter alguem mesmo que se goste para fazer as coisas de que se goste é o mesmo que não ter nada nem ninguem. A partir do momento em que se tem de fazer as coisas de que se gosta sozinho é aí que se sabe que não se tem ninguém e é tudo fachada.

No entanto...
Não ter amigos tem também as suas vantagens:
*Libertação da prisão das emoções.
*Maior sensação de liberdade devido a menos pressão porque não se sente necessidade de ligar sempre a essa pessoa e a preocupar-se com ela.
*Dinheiro que se poupa em ofertas, prendas e empréstimos.
*Mais tempo para ti e para as tuas actividades.
*Não nos desiludirmos com alguém.
*Não vivermos preocupados com a vida dos outros.
*Não sentir necessidade de corresponder à expectativas dessa pessoa.
*Não gostar mais de alguém que nós mesmos.

No entanto caso alguém venha a ter algum amigo de verdade é bem melhor que não ter mas ser emocionalmente livre também não é mau de todo.

"Só há uma coisa pior do que falarem mal de nós, é não falarem de nós" Oscar Wilde


terça-feira, 20 de outubro de 2009

BIG BANG? BIG CRUNCH? BIG NOTHING?



Hoje em dia quase todos os cientistas dão como certo o Universo ter-se formado a partir de um fenómeno a que deram o nome de Big Bang: uma maciça explosão cósmica que como que por milagre tinha a energia necessária para formar protões, electrões, neutrões, átomos, moléculas, bio-moléculas, estrelas, planetas...e na Terra pelo menos vida. O Big Bang é deveras um fenómeno difícil de perceber como foi possível já que supondo que houve essa explosão cósmica porque não dizer que terá havido também muitas outras explosões que podem ter desencadeados novos universos...nós não podemos saber o que está para além de nós e nunca saberemos se há mais universos ou não serão entidades separadas.......os cientistas na sua maioria dizem que o Universo está em expansão e que findará quando todas as estrelas se acabarem por falta de energia já que o Universo tende para a entropia da perda de energia assim como nós caminhamos para a morte, a maior parte dos cientistas defende que o Universo é infinito...interpretemos estas palavras de cientistas à luz da bíblia no Génesis que diz que Deus é Aquele que sempre existiu e sempre existirá, omnipresente e omniconsciente. Sei la´dizer que Do Universo é infinito pode ser dizer até que o Universo será Deus como Einstein defendia.
Não obstante há aqueles cientisats que defendem o Big Bang mas que pensam que o Universo culminará com um Big Crunch...o Uiniverso vai-se expandindo até atingir um ponto crítico máximo de expansão o que provocará um retrocesso que fará o Universo aglomerar-se de novo num núcleo de energia...
Fazemos parte do Universo mas ele da Terra parece estar tão longe...as estrelas mais próximas estão tão longe que podemos estar a olhar pelo telescópio para estrelas que já não existem porque a luz demora às vezes milhares de anos até chegar até nós...é tudo tão misterioso e cá estamos nós humanos a nos matarmos sem direcção nenhuma na vida achando que nada faz sentido, dando cabo de tudo destruindo tudo e achando muitas vezes que toda esta grandiosidade é um BIG NOTHING!

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

EVOLUCIONISMO? CRIACIONISMO?

























Sou céptica em relação a tudo na vida e isso inclui a ciência e a fé. Para mim o evolucionismo passou de facto a teoria aliás como realmente o é, o evolucionismo é uma teoria científica e embora hoje seja quase dada como certa poderá amanhã já estar errada . Porque dantes era um facto e agora é para mim uma dúvida? Descobri que na verdade só aceitava o evolucionismo porque na verdade isso era uma ideia que tinha sido imposta por mim na escola e se opunha à ideia católica da criaçãodo Mundo por Deus com a história de Adão e Eva, nessa altura eu era anti-católica tendo depois passado para ateia e agora agnóstica porque tenho dúvidas porque acho que na verdade o catolocismo e o ateísmo eram o que eu queria acreditar, não era nenhuma coisa em que realmenet pudesse ter a certeza...não posso provar que Deus existe ou não existe, apenas me poderei limitar a querer acreditar ou não. Por isso não tenho motivos religiosos para duvidar desta teoria. Os meus únicos motivos são simplesmente o não ter bases suficientes para aceitar cegamente esta teoria. Olhando para várias escalas geológicas da vida como esta da imagem, uma simples observação revela: começou tudo com seres biológicamente pouco desenvolvidos e explodiu depois num sem número de espécies complexas e diferentes embora algumas com parenças fisionómicas e genéticas, o que leva a crer que terão se originado umas a partir das outras. Mas reparando bem se começamos com trilobites e amonites, temos a seguir logo peixes e de peixes passamos para anfíbios que se transformam em mamíferos e dinossauros que se pensa terem-se originado a partir de répteis que se originaram a partir de anfíbios...
Os dinossauros aqueles majestosos bichos de grande porte podiam ser herbívoros ou carnívoros o pterodáctilo era até um réptil voador...tantos dinossauros tanto diferentes uns dos outros e que parecem ter evoluído assim rapidamente: temos uns anfíbios e logo depois enormes dinossauros que povoam a terra e o céu...alguns cientistas ateus dirão que foi tudo por acaso e continuam e continuarão sem entender a razão para esta evolução feita por mero acaso, outros cientistas cépticos não saberão ao certo se foi tudo um acaso ou algum propósito como acreditam os cientistas e as pessaos em geral espirituais. Certo é que nem uns nem outro jamais conseguirão perceber os designios da vida, o seu propósito se é que há propósito limitam-se a arranjar explicações e teorias e a responder a perguntas que só criam mais perguntas. Já foram encontrados alguns fósseis de espécies intermédias: metade réptil metade aves e que alguns cientistas (a maioria) argumentam ser uma espécie de transição entre duas o que é um argumento a favor da evolução de umas espécies a partir de outras, mas há outros cientistas que argumentam ser uma espécie diferente, nova mas com semelhanças em relação às outras mas esses cientistas não são tão ouvidos. Em suma: parece que a selecção natural actuou tão depressa favorecendo o mais apto que a espécie parece quanto a mim ter-se transformado tão rápido que quase não haja espécies intermédias a testemunhar o processo...ou pelo menos fósseis! Para além disso há várias extinções de espécies em massa como foi a do Jurassico com os dinossauros...há váras teorias mas ninguém consegue perceber porque é que os dinossauros se extinguiram, os vestígios geológicos apenas nos contam que foi assim de repente. Eu penso que esta extinção massificada de repente é um argumento a favor do criacionismo que defende extinções em massa provocadas repentinamente pelo criador, a evolução repentina também é um argumento a favor do criacionismo, que diz que Deus criou várias espécies diferentes...só uma identidade divina tem (segundo o raciocínio humano) o poder de criar tudo assim tão de repente embora para Deus segundo a Bíblia para ele dias poderem ser nós milhões de anos. No fim aparecem os mamíferos que se vão diversificando até ao Homem....mas não esquecer que a Bíblia diz que 1º Deus criou as outras espécies e só no fim o Homem e criou todas as espécies aos pares; machos e fêmeas. Bem da mesma maneira qe isto é difícil de acreditar também acho muito difícil...bastante difícil até que por razão absolutamente nenhuma a natureza tenha diversificado uma espécie em duas metades: macho e fêmea, assim de repente...como a simples natureza, o meio, o universo seria tão inteligente de modo a que soubesse que deveria haver machos e fêmeas? Atenção estamos a atribuir a inteligência ao Universo...e para alguns cientistas como Albert Einstein o seu Deus era uma entidade de inteligência suprema que para ele era o Universo...estamos a atribuir inteligência ao quê realmenet? já me perdi!
Vi também já num canal de televisão um documentário sobre cientistas anti-criacionistas, um deles disse: "acredito que o Universo seja regido por inteligência mas não acredito em Deus". Outro explicou como que apesar da teoria das probabilidades contradizer a teoria de que: tudo começou por acaso e por sorte fez-se o Universo com vida devido às condições perfeitas da sua formação explicou que apesar de uma infinitamente minúscula probabilidade disso acontecer há essa probabilidade e nós fazemos parte dela... é como jogar no milhões...há uma ínfima probabilidade de eu ganhar se jogar...mas mesmo assim há essa probabilidade. Porque não conseguimos perceber porque há vida? porque houve esta ou aquela forma de vida? a bíblia diz que Deus não deu ao Homem a capcidade de entender a Natureza mas sim apenas o dom de lhe apreciar. Para a ciência é impossível explicar o porquê disto tudo...algo demasiado profundo...resta-nos apenas fazer teorias a partir do que observamos. Ou seja nem o criacionismo nem o evolucionismo nos dão a resposta 100% satisfatória, simplesmente há pessoas que preferem não acreditar em Deus e acreditam que a evolução é um facto científico contra a existência de Deus, há aqueles que acreditame em Deus e vêm na teoria da evolução uma teoria que questiona a existência de Deus, há aqueles que não põem a causa a existência de Deus continuando a acreditar na evolução: Deus poderá existir à mesma tendo feito tudo de modo a que a evolução fosse possível com a sua inteligência suprema, há aqueles que não acreditam em nada, há os que não querem saber e há aqueles que como eu têm dúvidas e serão eternos cépticos.
Há ainda o argumento de que como todos os organismos têm uma base genética semelhante:ADN este terá sofrido diversas e "miraculosas" mutações de modo a favorecer o organismo mais aptono seu meio...mas diversos animais contemporâneos povoaram o mesmo habitat! Também acho que é de estranhar o facto de os genes começarem a mudar e a agrupar-senuma nova outra estrutura complexa por motivação do meio externo. Como pode ser tudo tão correcto e tudo tão feito ao acaso sem aparente propósito? Tenha-se como exemplo os cientistas que tentam continuamente fazer modificações genéticas mas pouco ou nada conseguem mudar...se com inteligência (humana) é difícil como poderá ser sem inteligência, assim só por acaso?
Há teambém o argumento de que todos os seres vivos têm ADN variando pouco de ser para ser (foi um choque no século XX descobrir que as bactérias tinham um ADN pouco mais diferente do Homeme)que todos provimos dessa original massa orgânica fervilhando de aminoácidos . Eu acho que dizer que provimos todos da mesma sopa da vida que se foi diversificando não elimina a hipótese de Deus ter calculado isso de modo a que se dê a evolução ou até do criacionismo: que apesar de termos todos ADN somos seres vivos e é natural que a origem da vida resida na informãção do ADN e todos para viver precisamos dessa informação que com fim à vida não será muito diferente de espécie para espécie.
Para concluir:acho que a nossa capacidade de conhecimento, embora que especialmente extraordinária é muito limitada, haverá sempre coisas que nunca iremos entender nomeadamente os desígnios da vida.







A letra dos My Chemical Romance diz tudo sobre as pessoas que se apaixonam por uma só pessoa em concreto, um tipo de paixão mais romântica. O mundo é horrível mas tu és tão bela para mim (The World is Ugly but you're beautiful to me), há uma espécia de magia que aparece de repente perdura mas como tudo na vida extingue-se de repente ou vai morrendo. Não tem explicação biológica ou psiquíca mas acontece pelo menos uma vez a toda a gente até à mais rude e antipática pessoa do Mundo resiste a ser enfeitiçada...podendo ou não ser correspondida.e no tempo certo já que como na música Jesus of Suburbia, City of the Damned dos Green Day: "What a shame that everyone's heart doesn't beat the same...it's beating out of time!". Realmente ambas essas duas pessoas podem ser enfeitiçadas uma mais cedo e outra mais tarde podendo no final a pessoa que ficou enfeitiçada mais tarde acabar por não poder ter mais a oportunidade de ficar com o enfeitiçado mais precoce.

Mas o que é de importante realçar é que todos nós quando nos apaixonamos nem que seja por só algum tempo, para além da adrenalina do processo biológico: coração que bate mais depressa, nervosismo, suar das mãos às vezes custa muito esconder isso tal como o não conseguir despregar os olhos dessa pessoa e ainda mais...não a esquecer às vezes nem por um segundo e um desejo ardente de estar sempre com essa pessoa. Há também uma mudança da nossa visão da vida, como uma magia que nos acontece, como se o Mundo de repente ficasse bem melhor sempre que estamos com essa pessoa, como se do inferno ascendêssemos ao céu e embora o Mundo seja realmente uma selva cruel, um antro de podridão e poluição há essa paixão que mesmo que efémera nos faz mudar e apesar de todo o horror do Mundo há essa tal pessoa que para nós é linda, perfeita, encantadora.

domingo, 18 de outubro de 2009



Este sábado (dia 17) fui para variar sozinha ao cinema porque a maior parte dos meus amigos não gosta de filmes de terror e não aguentei mais tinha de ir ver aquele filme, está espectacular! A menina russa de ar misterioso e fantasmagórico tem comportamentos muito estranhos e um passado um tanto ou pouco desconhecido, tendo sido sempre adoptada por casais norte americanos todas as suas famílias de acolhimento morreram misteriosamente em desastres...

Esther acaba-se por revelar uma assssina em série e nem é mesmo uma menina mas sim uma mulher de 33 anos fugida de um hospital psiquiatrico na Estónia que sofre de nanismo o que lhe dá aquele ar infantil...ela fazia-se passar por criança orfã para pôr em pratica os seus planos maldosos!

sábado, 11 de julho de 2009










In English:
Gerard Way is my true icon, my favourite star, my real idol...he's someone I really feel I know without knowing him, he's someone fabulous, pure, gorgeous...the most beautiful person I've ever seen in the outside and I guess inside too...He's the most perfect boy that have ever exist in my opinion, I can't find someone more perfect and cute than him, I love all their faces and expressions, his voice is so powerfull and touching...even when in the songs he is revolted, he seems so strong...I mean his voice and his music, his life is my inspiration...he is all I ever wanted to be, Gerard and My Chemical Romance changed my life in so many aspects that I'm so much grateful, all he had suffered and overcome, all he ever did, all he ever do and still doing, he's really someone special to me, and I wanna thank him just for he's alive, he trully changed my life for better, I think I can say he and mcr saved her. Gerard doesn't care wathever people say and think about him, he's just him...perfect!I will always love My Chemical and Gerard particularly, I wish the best wishes for their life and I'm so much happy to know about Gerard's new life...I just wanna thank you a lot, you're a friend of mine forever..you're that someone special, I will always admire you..I mean forever sincerelly. Once again: just thank you!
Em Português:
Gerard Way é o meu verdadeiro ícone, a minha estrela favorita, o meu verdadeiro ídolo ... ele é alguém que eu realmente sinto que conheço sem sequer o conhecer, ele é uma pessoa fantástica, puro, lindo ... a pessoa mais linda que eu já vi tanto exteriormente como interiormente ... Ele é o rapaz mais perfeito que já existiu na minha opinião, não consigo encontrar alguém mais perfeito e bonito do que ele, eu adoro todos os seus rostos e expressões, a sua voz é tão poderosa e comovente. .. nas canções mesmo quando ele está revoltado, ele parece tão forte ... Eu quero dizer a sua voz e a sua música, a sua vida é a minha inspiração ...Eu sempre adorarei My Chemical Romance e o Gerard particularmente, desejo os melhores votos de felicidade para a sua vida e estou muito feliz de saber sobre a nova vida de Gerard ... Eu só quero agradecer-te muito, tu é um amigo meu para sempre .. tu és alguém muito especial e eu sempre admirar-te-ei ... eu quero dizer para sempre sinceramente. Mais uma vez: quero apenas agradecer-te...por tudo!