terça-feira, 31 de janeiro de 2012

sem-abrigos julgados por furtar chocolates e champôs em supermercado



Vergonha!
Um sem abrigo foi condenado a pagar uma multa de 250 euros por tentar furtar um champô e um polvo de um hipermercado e outro sem abrigo que foi apanhado a roubar seis chocolates num supermercado pode ter que pagar uma multa ou até apanhar pena de prisão até 3 anos de prisão!!!

"As custas do processo-crime, suportadas pelo Estado Português, podem chegar às centenas de euros. No caso específico do sem-abrigo, os custos são ainda mais elevados pelo facto de o homem não possuir residência para onde possam ser enviadas notificações. De cada vez que é necessário notificar o homem, a Polícia de Segurança Pública (PSP) tem de percorrer as ruas da cidade do Porto, tentando localizá-lo, para fazer a notificação pessoalmente. Para que fosse constituído arguido, por exemplo, foi necessário proceder à sua detenção. Além disso, é necessário pagar os honorários do advogado oficioso, além das custas habituais que decorrem do avanço do processo. No total, este caso pode custar ao estado várias centenas de euros, quando o valor dos artigos furtados (que foram devolvidos na altura) não chegou a atingir os 15 euros. "

O Estado vai mesmo perder tempo e dinheiro com estes casos? Bem como submeter estas pessoas a tamanha injustiça?

 Mas que justiça é esta em Portugal? em vez de darem condições de vida aos sem abrigo que também são pessoas com direito a uma vida digna persseguem quem nada tem...em vez dos verdadeiros criminosos que levam bancos à falência e fazem desaparecer milhões de poupanças de famílias, já para não falar de desvios de dinheiros públicos...onde estão esses criminosos? estão desaparecidos, em casa, em postos políticos ou em tachos públicos a mamar vários milhares de euros!!! É essa a recompensa pelo gamanço colossal de contas públicas e poupanças privadas?

Não há-de tardar o dia em que essa escumalha política e seus companheiros espalhados por cargos públicos influentes sejam escorraçados de vez do panorama governamental português...não pensem que vão poder continuar a fazer tudo o que querem porque não vão!

http://www.publico.pt/Sociedade/qualquer-furto-nas-lojas-lidl-desencadeia-uma-queixacrime-1520177

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/sem-abrigo-multado-em-250-euros-por-roubar-polvo-e-champo

Máfia Chinesa vem a Portugal roubar cobre



Bem, então já não bastava a China ter comprado a participação do Estado português na EDP, e agora também querer comprar a 40% da REN (Redes Energéticas Nacionais) para além de manifestar interesse em continuar a comprar mais acções na EDP...podendo chegar a ter o monopólio energético em Portugal...agora também vêm para cá máfia chinesa roubar cobre para levar para a China...aonde é que isto vai parar??? sinceramente vender a EDP ao estado chinês foi um mau presságio, mas isto agora da máfia chinesa é um ultraje!!!

O jornal, Correio da Manhã, noticiou ontem:

"Em 2011 houve 10 mil ataques a postes de alta e média tensão o que representa milhões de prejuízos para a economia nacional tendo deixado algumas localidades sem telefone, internet e até água. Na zona industrial de Penicheempresas chegaram mesmo a parar no verão passado devido a falhas de energia provocadas pelo furto de um poste de transformação.
A GNR apreendeu 300das 500 toneladas furtadas em 2001, o país asiático foi destino de 200 toneladas.
A maioria do cobre foi recuperado de sucateiras-sendo que das 700 existentes em Portugal, apenas 90 estavam legalizadas...as outras negoceiam diretamente com redes chineses que têm vários elementos organizados em Portugal para assegurar as transacções para o seu país, principal destino do cobre. As 200 toneladas de cobre roubadas para a China renderam 1,6 milhões de euros-o cobre roubado é vendido a 8 euros o kg. Como já foi dito, os empresários chineses são os principais importadores de cobre roubado e o transporte até à China faz-se por via terrestre de Portugal para Espanha ou Itália e seguidamente por via marítima em contentores com a carga a ser registada com o nome de outros produtos.
Se os intermediários ganham milhões com este crime, no caso do ladrão o furto de 100 metros de cobre pode render apenas 500 euros.
As principais empresas portuguesas vão somando largos prejuízos com o desaparecimento de postos de transformação de cabos elétricos, só a EDP(ironicamente (ou então não) agora também, em parte, pertencente à China) perdeu 24,4 milhões de euros desde 2008 em resultado de 7670 furtos; a REFER somou um prejuízo de de 2,6 milhões de euros só nos últimos anos e a PT  também vai somando perdas significativas."

Se continuarmos a vender Portugal aos chineses o mais certo é ficarmos às escuras...

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Berlim quer ocupar Atenas e talvez Lisboa




Agora é mesmo oficial!
Descaradamente a Alemanha quer impôr a perda de soberania aos ditos países preguiçosos e endividados, começando pela Grécia, mas também hão-de quere meter mão em Portugal e por aí em diante!
Nós já vimos este "filme" antes ou não?

Jornal i de 30 de Janeiro:

Executivo alemão defende que países que não atingem os objectivos dos programas de ajuda externa devem ser governados a partir de Bruxelas.
Gregos em estado de choque
Editorial: Acordar os monstros desbragadamente
"A história  da decadência da União Europeia entrou num novo estádio e a mais desbragada humilhação está em curso. É agora oficial: a Alemanha defende que o orçamento grego seja gerido por um funcionário nomeado pela Comissão Europeia que terá plenos poderes sobre o governo local [...]Mas quem diz a Grécia, diz Portugal. Segundo a Reuters, o projecto alemão defendeu o controlo do orçamento de qualquer país sob a assistência inanceira que esteja a falhar os objectivos do programa da troika.
A soberania já tinha sido hipotecada a troco do empréstimo externo. Agora a Alemanha espera que lhe seja oferecido de boa vontade-como se houvesse uma espécie de quinta coluna em todos os países europeus prontos a facilitar a ocupação alemã sem resistência. 
Tendo em conta que os objectivos do nosso programa da troika são de muito difícil cumprimento, a possibilidade de um funcionário europeu se instalar no lugar de Vítor Gaspar tornou-se espantosamente credível.
O que é espantoso é a naturalidade com que a Alemanha- a quem a Europa perdoou a dívida da Segunda Guerra- acorda agora todos os monstros possíveis sem tremer. 
Ontem, a resposta do ministro grego das finanças, Evangelos Venizelos, foi uma amostra do que poderá começar a ocorrer em larga escala: "quem põe um país perante o dilema de escolher entre a assistência económica e a dignidade nacional está a esquecer algumas lições básicas da História", disse Venizelos, que nasceu 12 anos depois do fim da Segunda Guerra, quando a Grécia esteve sob ocupação da Alemanha nazi.
A degenerescência europeia atingiu o seu ponto de não retorno[...] a ideia original da União Europeia capotou e a partir daqui tudo é possível. Nos próximos tempos a Grécia vai evidentemente falir e, em consequência, o euro vai rebentar despedaçando em estilhaços uma economia durante tantos anos muito forte. 
A ideia peregrina que corre em Bruxelas de que o euro sobrevive à saída da Grécia é piedosa. Não é preciso ser um grande economista para perceber que o euro contaminado não sobrevive à saída da Grécia-e, infelizmente, Portugal será o primeiro alvo na carteira de tiro."
 Ana Sá Lopes, jornalista do jornal i
A proposta alemã é de a Grécia fique sob tutela de um "comissário europeu para questões orçamentais" como condição para obtenção de um segundo empréstimo de 130 mil milhões de euros, o que por sua vez retira ao governo grego legítimas funções essenciais no exercício das suas funções governativas. Este documento que defende a ocupação de Atenas foi divulgado pelo "Financial Times" e está lá escrito que para ter acesso ao segundo programa de resgate, a Grécia terá de ser obrigada a "transferir a soberania nacional, em matéria orçamental". Perder a soberania orçamental é perder qualquer soberania democrática visto as verbas serem geridas por outrem a seu belo gosto, por exemplo, se for decidido acabar com o financiamento da saúde e educação pública e até segurança social assim será...senão forem exterminados de certeza sofrerão graves cortes visto os alemães acharem que os sacrifícios gregos ainda são poucos.
E mais, de acordo com este plano, Atenas seria também obrigada a dotar uma lei, de carácter permanente, que garantisse que as receitas do Estado grego seriam canalizadas para os serviços de dívida em primeiro lugar! Ou seja os gregos bem podem ficar todos na miséria, não vão ter mais direitos, em primeiro lugar não está o direito a alimentação, habitação, saúde, educação mas sim ao pagamento da dívida...a escravidão da dívida! Se a Grécia não ceder à chantagem, poderá não receber o empréstimo e o resultado será inevitavelmente a bancarrota!
O governo grego ficou em estado de choque com a ameaça da próxima ocupação claro!
De referir que a Grécia foi invadida por tropas nazis durante a 2ª Guerra Mundial, tendo morto muitos cidadãos gregos e destruindo parte do seu país com as invasões bélicas...não tendo pago as indemnizações de guerra aos gregos, que até lhes perdoaram a dívida da guerra, como o fez a Europa toda em nome da paz europeia e de um novo começo unidos e ambiente solidário e pacífico. Que é que foi agora isto? Está-lhes no sangue esse desejo de exercer domínio sob a Europa? Sinceramente é só o que dá a pensar...a Europa nazi parece estar de volta, e é preciso ter cuidado, se ceder-mos de novo perante os avanços germânicos como foi feito há 60 e tal anos depois poderá ser tarde demais...a História tem por norma repetir-se, senão aprendermos com ela...parece que a Alemanha não aprendeu, e não desiste do seu propósito psicóptico ultra dominador, para mau dos nossos pecados! A Alemanha não sabe o que é uma União Europeia, quanto a mim estariam eles sim, convidados a sair do Euro...já que parece que apenas  o utilizaram como mais uma manobra de instaurar a sua hegemonia.
O objectivo da União Europeia foi não voltar a cometer os erros do passado (leia-se as duas guerras mundiais incitadas por quem mesmo???)...por isso seria impensável há uns anos dar-se de novo a hegemonia política alemã na Europa. O que a Alemanha está a fazer é um ataque à democracia, é chantagem política...e eu já vi duas versões deste filme antes...

Só há duas formas de escravizar um povo: pela guerra ou pela dívida, desta vez a Alemanha decidiu usar a chantagem da dívida.


Mais:
http://sicnoticias.sapo.pt/economia/article1269333.ece

Caça à foca no Canadá acabou! Longa vida às focas



Nem sempre as notícias têm de ser más, e espero que no meio do emaranhado de notícias sobre crise, ataques bombistas, terrorismo, desastres rodoviários de viação os media se lembrem de fazer referência a esta grande notícia: após 37 anos de luta mais nenhuma foca será assassinada no Canadá,! Pelo menos para fins comerciais...
Isto é um claro sinal de progresso e humanização da sociedade mas ainda há muito que fazer.
Quanto a caça à foca no Canadá será continuada por "tradição" e "desporto" (vejam o escândalo que é aquela gente achar que aquilo é um desporto e tradição cultural!!! quanta insensibilidade!). Mas a caça comercial findou visto ser ilegal comercializar produtos de foca nos EUA, Europa e Rússsia.

Aqui traduzo um pequeno excerto do ativista e capitão Paul Watson:

"A caça comercial à foca findou de vez no Canadá e não terá mais lugar no século 21. Esta indústria barbárica e anacronista  foi atirada de vez para o caixote do lixo da História, onde pertence, após todo o tempo de uma vida para acabá- la. Este constrangimento obsceno está então para todas as intenções e propósitos-morta.
Devido ao facto de os produtos de foca serem banidos na Europa, EUA e Rússia o mercado global faliu.
Foi através de imagens audiovisuais, através do poder das câmaras  e dos media que consciencializámos o mundo desta atrocidade contra a vida selvagem marinha, e continuamos todos conscientes relembrando o público internacional que a nossa paixão por esta causa nunca morreu. Anos após anos enfrentámos os assassinos e ano após anos torná-mo-nos mais fortes e eles mais fracos.
Nós ganhámos! As focas ganharam! A caça à foca no Canadá findou de vez!

Longa vida às focas!

Agora precisamos de acabar com a matança das focas sul africanas na Namíbia para comércio de peles."


Espero que se acabe de vez com estes massacres a animais, mas a mudança vem a partir de cada um de nós. Os canadianos deviam de vez de parar com esta caça agora apenas "desportiva", será que não percebem a atrocidade que é? ou percebem e gostam de chacinar criaturas inocentes que também t~em direito à vida?
Gostava que acima de tudo as celebridades parassem de usar peles pois elas são um ícone de moda seguido por imensas pessoas (sem personalidade...e coração). Acho mesmo que deveria ser crime comprar e usar peles...se ainda não o é que o seja socialmente inaceitável! Que sempre que vejamos pessoas a usar pele fiquemos chocados e repreendemos essas pessoas!
Eu joguei o casaco de peles da minha mãe no lixo! Ela disse que eu era uma pessoa má, mas eu fiz-lhe ver que má, fútil e impiedosa tinha sido ela em financiar a morte brutal de seres inofensivos que têm direito a viver e à sua própria pele...para depois exibir a sua matança...a minha mãe disse que sob o seu teto tinha de acatar as suas ordens e não podia mandar os seus pertences para o lixo, eu respondi-lhe que aqueles não eram os seus pertences, eram a pele dos animais...e enquanto vivesse sob o teto dela não iria viver com aquela crueldade no mesmo local onde morava...você acha que é motivo para expulsar um filho de casa ou de o bater? não é, e como tal não aconteceu!
Continuo a achar que só há dois motivos para quem usa peles: não têm coração e são insensíveis, para além de só gostarem de ostentar peles para dizer que são ricas.
O uso de peles tem de ser banido de vez!
Estamos num bom caminho!

Fonte www.seasheperd.org

sábado, 21 de janeiro de 2012

Cavaco Silva está falido: as suas reformas nem chegam para pagar as suas despesas!!!




E não é que quando penso que já ouvi os políticos dizerem as maiores barbaridades eles me surpreendem?
Pois é Cavaco Silva em princípio vai receber os subsídios de férias e de natal do Banco Portugal (organismo público???) como os restantes funcionários e ex-funcionários, apesar de isto roçar a tal inconstitucionalidade que muitas vezes Cavaco apregoa visto que quem ganha 600 euros ou mais e é funcionário público verá os seus subsídios roubados. No entanto, a explicação de hoje aos jornalistas que Cavaco deu foi a de que ainda não sabia bem quanto ia receber, mas  que ia ser coisa pouca...nem dá para as despesas. Ora bem, Cavaco Silva recebe 10 mil euros de pensões (1300 euros da reforma de professor e 8700 euros de reforma do Banco de Portugal) mais 2900 euros de despesas de representação!!!!  Não dá para pagar as suas despesas? então aplique as medidas de austeridade necessárias nos seus orçamentos privados...medidas de austeridade como dizem aos portugueses para fazerem: para apertarem o cinto, que temos de empobrecer para o país andar para a frente...então custa ou não custa? se vive acima das suas possibilidades trate de aplicar os tais cortes que o Governo impinge aos portugueses! E já agora que raio de despesas é que você tem se ainda por cima lhe pagam 2900 euros só para despesas ao serviço!
Mas depois não é que o senhor ainda veio dizer que é muito poupadinho!!! Já para não falar de que a Presidência do Sr. Cavaco Silva nos custa mais do que alimentar a corja da corte espanhola (Presidência portuguesa: 16 milhões de euros anuais, corte espanhola: 12 milhões).
Haja limites para a indecência! Num país cada vez mais minado por desigualdades sociais em que cerca de um milhão de pensionistas recebe à volta de 300 euros, 400 euros de reforma por mês, como é que este senhor, nosso Presidente da República, vem por este meio lamentar-se da sua reforma miserável???! Haja limites para a indecência!
Claro que a revolta se fez sentir de imediato: o facebook do PR foi invadido por mensagens de cidadãos indignados, muitos até recorreram à ironia perguntando-lhe o seu NIB para poderem ajudá-lo a pagar as dívidas, há uma petição pública a pedir a demissão do PR( demissão do PR)e hoje de manhã TODOS os jornais caiam impiedosamente sob declarações do PR.
O PR pareceu, quanto a mim, estar-se a fazer de coitadinho e aquela justificação acho-a completamente ofensiva. Mas ele até tem razão afinal de todos os cavaquistas, isto é amiguinhos de partido que ele benefeciou, ele se calhar foi o que menos benefeciou tadinho. Cavaco argumenta que não ganha ordenado como presidente da República (cerca de 6000 euros por mês), na verdade ele teve de decidir entre ter o ordenado como PR ou receber dinheiro das pensões: uma de professor e outra de ministro.
Eu comprei um jornal, o i e os jornalistas seguiram o conselho de Cavaco e foram investigar os seus rendimentos.
Agora pasmem-se:
-Cavaco ganha de pensões 1300 euros anuais da CGDA por ter sido professor e 8700 euros de pensão por 30 anos de serviço técnico no Banco de Portugal...o que prefaz 10 000euros mensais ou seja 140 000 euros anuais.
-2900 euros mensais para despesas de representação.
-Na declaração de rendimentos entregue ao Tribunal Constitucional em 2009 e 2010, Cavaco inscreveu
também depósitos a prazo e aplicações financeiras no valor de meio milhão de euros (500 000  euros!!!!!!!!!!).
-Os rendimentos obtidos com investimento em bolsa valeram ao chefe de Estado a quantia de 280 mil euros, com acções do BPI, do BCP, do Jerónimo Martins e da Brisa entre outros!!!


Deixo-vos com uma crónica de  António Ribeiro Ferreira no editorial do i de 21 de Janeiro:

Obviamente Senhor Presidente

"as crises servem para muitas coisas, até para descobrir as pessoas, o seu carácter e a forma como estão na vida. A natureza humana revela-se sempre nestas alturas, no pior e no melhor.
Um comandante medíocre, cobarde, nunca é o último a abandonar o navio[..].
Portugal está a afundar-se. Por erros e crimes praticados por muitos políticos e pelas suas atitudes políticas erradas e nada transparentes. E por opções ideológicas ultrapassadas baseadas num Estado obeso, no investimento público e na presença fortíssima do Estado nos negócios e na economia. E por empresários que só sobrevivem num mercado condicionado, sem concorrência a sério, encostados ao Estado e aos políticos do poder. [...]
A economia está e estará em recessão, centenas de milhares de portugueses sem trabalho e metade dos desempregados não recebem qualquer subsídio do Estado. A fome é uma realidade para muitas famílias e já nem as câmaras nem as instituições de solidariedade social têm meios suficientes para ajudar quem caiu, de um momento para o outro, na miséria.
Muitos cidadãos sem trabalho, qualificado ou sem formação, optam pela emigração para África, o Brasil e a Europa ou mesmo o golfo Pérsico. Os salários de quem ainda trabalha estão a ser cortados, os horários aumentam e muitas famílias, mesmo com empregos, têm dificuldades em honrar os seus compromissos mensais. Pois bem. É por isso que as pessoas se revoltam legitimamente quando ouvem falar em salários de 45 mil euros por mês na EDP. É por isso que as pessoas não compreendem que os sacrifícios nunca atinjam a sério os mais privilegiados. E é por isso também que não se pode aceitar que o Presidente da República diga aos portugueses que não consegue viver com 10 mil euros por mês. As afirmações de Cavaco Silva são um insulto a milhões de portugueses. As queixas do chefe de Estado são indignas do cargo que ocupa e devem merecer o repúdio de quem tem um pingo de vergonha na cara e conhece a forma como muitas famílias estão a lutar pela sobrevivência com pensões miseráveis e salários do terceiro mundo. O Presidente da República tem repetido vezes sem fim que há limites para os sacrifícios. Mas também é verdade que há limites para a indecência. E neste mês de Janeiro de 2012, um dos piores anos na história do Portugal democrático, importa lembrar a Cavaco Silva que as suas palavras deixaram de ter qualquer significado e que as suas funções, para as quais foi legitimamente eleito por sufrágio directo e universal dos cidadãos, estão gravemente prejudicadas, mesmo feridas de morte, a partir de hoje."

sábia citação de Ricardo Araújo Pereira que elegeu Cavaco Silva como pior político português:
Fica aqui a declaração do presidente, ver para crer:
Mais sobre o caso: na revista Sábado de 26 de Janeiro a 1 de Fevereiro em:
 "Tudo sobre o fabuloso património de Cavaco"
"Ao longo dos anos, juntou mais de 760 mil euros e possui um património imobiliário valioso. Mas queixa-se que o dinheiro não chega para todas as suas despesas.
[..]Depois de fazer os cálculos, percebe-se que afinal o Presidente queixou-se que 8 mil euros líquidos não lhe chegavam para fazer face às despesas mensais. Sem saber se perderia o subsídio de férias e de Natal da sua reforma do Banco de Portugal (os subsídios totalizaram cerca de 16 mil euros anuais...), teria, talvez de recorrer às poupanças[..]O Presidente da República também não o disse, mas esses aforros representam mais de 760 mil euros, que estão declarados no Tribunal Constitucional em contas à ordem, depósitos a prazo, planos poupança reforma e obrigações - isto fora o valor investido em 101.970 acções em 10 empresas portuguesas cotadas. Se ainda assim precisasse de dinheiro, Cavaco Silva poderia ainda recorre ao seu património imobiliário [..]No Algarve, a sua casa de Verão...tem um valor patrimonial de 199.460 euros...a nova casa tem três pisos, seis quartos, seis casas de banho, piscina e um terreno com 1.600 m^2...e acesso restrito.
[..]Cavaco até abdicou do vencimento bruto de 6.523 euros fixado para o PR - mas apenas porque, tendo de optar entre salário e reformas, preferiu as pensões, que têm um valor superior. 
Desde o início da carreira política, o professor de Finanças Públicas construiu a imagem com base no mito do homem austero do povo, filho modesto de Boliqueime, que subiu na vida a pulso.A narrativa funcionou. Até agora. Amigos e ex-colaboradores de Cavaco, que conhecem o estilo de vida da família, têm alguma dificuldade em perceber como lhe faltará a verba para o fim do mês. O PR declarou no Tribunal Constitucional ter recebido 141,5 mil euros em pensões em 2010. A este montante acrescem os 2.900 euros mensais que continua a receber por despesas de representação da Presidência. Assim, no fim de cada mês, Cavaco Silva ganha um pouco mais de 8000 euros líquidos, segundo os cálculos do fiscalista Paulino Brilhante Santos para a SÁBADO - um salário que multiplica por 10 o valor médio em Portugal.
Os Presidentes da República têm tudo pago: carro oficial, alimentação no palácio, deslocações, comunicações e saúde."

Se a declaração sobre as reformas foi polémica, talvez pior ainda tenha sido a justificação que o PR deu tentando explicar o que quis mesmo dizer: 
"Apenas quis ilustrar, com o meu exemplo, que acompanho a situação a que chegam ao meu conhecimento de cidadãos que atravessam dificuldades e para as quais tenho chamado a atenção em diversas intervenções públicas".

O QUÊ??? Com isto o PR quis mostrar-se preocupado com os portugueses e dizer-lhes que também já está a sentir dificuldades???? O meu avô trabalhou a vida inteira e ganha 400 euros por mês, e ainda há quem ganhe menos, muito menos como 300 euros, 250 euros por mês...e este Sr com tudo pago e ricas pensões múltiplas vem dizer que sabe o que os portugueses estão a passar porque também já sente a austeridade???
O mínimo que seria exigível era um pedido de desculpas...mas saiu isto!


Mas a revista SÁBADO no editorial de 26 de Janeiro a 1 de Fevereiro faz uma aguçada crítica  às desculpas de Cavaco, não diria melhor:

"Cavaco Silva quer convencer os portugueses de uma ideia peregrina e bastante conveniente: as lamúrias do Presidente da República que toda a gente ouviu nos últimos dias sobre os cortes nas suas pensões foram deturpadas - na verdade, percebemos mal, Cavaco não queria lamuriar-se, queria solidarizar-se com os mais pobres". [figura de estilo: ironia].

Mais peripécias deste senhor:
mensagem-de-ano-novo-do-presidente
foge-foge-cavaco

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Favelas



.
██ 0-10%
██ 10-20%
██ 20-30%
██ 30-40%
██ 40-50%
██ 50-60%

Esta imagem foi retirada da wikipedia  e é um mapa-mundi que representa a proproção de população urbana de cada país que vive em favelas e diz que quanto mais tons escuros o país estiver mais população vive em favelas. Conclui-se como já era sabido que a maior parte da população mundial a viver em favelas vive em África (especialmente Sudão, Chade e Etiópia) curiosamente na África do Sul há muitas pessoas a viver em favelas mas a Líbia antes de ser bombardeada pela NATO estava a tons cinzento pois tinha um elevado índice de desenvolvimento humano(IDH), muitas favelas existem também na  Ásia (China, Índia, Paquistão) e claro a América Latina (México, Peru, Equador, Bolívia e em menor grau Brasil e Argentina). Os tons cinzentos são os que têm menos pessoas a viver nessas condições desumanas e isto é na Europa, EUA, Austrália, Rússia mas também Norte de África (Mauritânia, Argélia e LÍBIA).
E a wikipedia diz mais do que toda a gente já sabe:
"De acordo com a agência das Nações UnidasUN-HABITAT, 26,4% da população urbana brasileira vive em favelas.
Entretanto, um relatório da Organização das Nações Unidas, divulgado em 2010, relativo aos dez anos anteriores, apontou que o Brasil reduziu sua população favelizada em 16% nesse período, o que representa que cerca de 10,4 milhões de pessoas deixaram de morar em favelas.
Apesar de favelas serem menos comuns em países desenvolvidos, existem algumas cidades que sofrem com o aparecimento desse tipo de assentamento humano."

No filme "Tropa de Elite" é dito que só o Rio de Janeiro tem 700 favelas!Anteriormente controladas por gangues mafiosos de cartéis de droga hoje a maioria pacificada vê-se a braços com o controle de milícias (policias corruptos) que continuam a explorar as populações .


Felizmente cada vez mais pessoas no Brasil estão a sair do limiar da pobreza e a classe média intensifica-se. Num país tão grande comparável ao tamanho da Europa nunca percebi porque as pessoas se amontoavam em bairros de lata minúsculos com tanta terra fértil fora e apesar de ter pesquisado sobre os sem-terra continuo sem perceber como isso é possível.


"As favelas no Brasil são consideradas como uma consequência da má distribuição de renda e do défice habitacional no país. A migração da população rural para o espaço urbano em busca de trabalho, nem sempre bem remunerado, aliada à histórica dificuldade do poder público em criar políticas habitacionais adequadas, são fatores que têm levado ao crescimento dos domicílios em favelas."




Não é preciso ser um expert em sociologia o Brasil é o melhor exemplo mediático de como e porquê isto acontece: as pessoas são esquecidas pela sociedade sem direito à saúde, água potável, luz constroem barraquinhas nos morros para viver, não têm emprego ou são exploradas...os morros tornam-se grandes demais, geram cidades controladas pelos donos do morro, os seus habitantes então dedicam-se à principal indústria: tráfico de droga, armas, pessoas ...no fim já não há lei lá porque o país os esqueceu.
É dificílimo lidar com este flagelo social, diversos filmes e documentários já o mostraram e até os políticos mais bem intencionados reconheceram a gravidade da situação.
██ 60-70%
██ 70-80%
██ 80-90%
██ 90-100%
██ Sem dados

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

lixo..outra vez

Desta vez foi outra vez a agência de rating a dizer que somos lixo outra vez, agora são as três agências de rating mais importantes do mundo a dizer que somos lixo: Moody's, Fitch e Standard and Poors (que nome curioso para uma agência de rating). Essas agências ultimamente também se têm dedicado a cortar o rating de vários países europeus como a Espanha, Hungria e a Grécia que com um simples rating quase levavam para a bancarrota...
Fonte: http://economico.sapo.pt/noticias/sp-classifica-divida-de-portugal-de-lixo_135870.html
Já a Comissão Europeia e a troika dizem que estamos a ter um bom desempenho ...
bruxelas-diz-que-portugal-tem-feito-bons-progressos troika-portugal-tem-feito-bons-progressos
Então mas em que é que ficamos?
A minha opinião sobre agências financeiras e mercado de dívidas soberanas é claro: são uma aldrabice e surgem agora como ferramentas super eficazes no controlo da economia mundial, são como uma ditadura: a ditadura capitalista dos mercados.
Não deixa de ser engraçado essas 3 agências de notação serem todas americanas, e quem nãos sabe a América está numa crise gravíssima...não é de admirar, com a quantidade de países que os americanos já invadiram e as guerras que eles inventam e se metem a fazer custam muito dinheiro ao estado, não é?
Por isso deixem-se lá de americanices e de desviar a atenção dos vossos problemas porque para o bem ou para o mal a Europa está a adoptar medidas para solucionar esta conjuntura económica...já o mesmo não se pode dizer dos EUA que só se enterram cada vez mais.
Às vezes ponho-me a conspirar e palavra de honra que penso que isto só  pode ser mais uma manobra de tentativa de destruição da Europa e União Europeia.
América se querem continuar a ser o que são: um grande nada, continuem a endividar-se, a criar guerras e vender a vossa dívida à China e a negar direito e saúde aos vossos cidadãos, vão fazer o vosso teatrinho capitalista para outro lado, sei lá inventem um planeta só para vocês e matem-se todos. Já não há paciência!
Só mais uma coisa: o sonho europeu, muito embora tenha graves falhas (nomeadamente a hegemonia alemã a ressurgir em força) não creio que deverá ser destruído por meras ferramentas de terrorismo americano, desta feita financeiro.

Rate this:
fitch-diz-que-portugal-e-lixo

sábado, 14 de janeiro de 2012

Assimetrias da zona Euro



Enquanto a Alemanha bate recordes de emprego a Espanha bate recordes de desemprego.
E como a Espanha estão Portugal e Grécia, os tais países periféricos do sul, os preguiçosos, como os alemães se gostam de referir.
A taxa de desemprego na Alemanha é de cerca de 7% e na Espanha de 22% (sendo que 45% dos jovens espanhóis estão desempregados), em Portugal é de cerca de 14% (talvez não seja tão grande devido a emigração portuguesa que voltou a acontecer em alta em especial para o Angola, Brasil e Suiça).
O que não deixa de ser engraçado é que a Alemanha com a sua notável economia exportadora exporte 60% das suas mercadorias para outros países da União Europeia...inclusive os mesmos que aos quais a UE não dá quotas suficientes de pesca e agricultura e pagam para não produzirem...para depois virem chamá-los de preguiçosos...e também não deixa de ser engraçado o altruísmo alemão ao dizer que estão a precisar de engenheiros e outras pessoas formadas para manter o seu nível de desenvolvimento económico notável e por isso querem ajudar os jovens portugueses e espanhóis e estão dispostos a ajudá-los empregando-os.
Também não deixa de ser engraçado que o Banco Central Europeu (que por coincidência está na Alemanha) decida emprestar aos competentes bancos alemães dinheiro a taxas de juro baixinhas de 3% mas já aos bancos de países periféricos empresta aos seus bancos dinheiro a taxas mais altas de 7%...e também é engraçado saber que o BCE está a abarrotar de dinheiro que não querem emprestar enquanto os tais países periféricos estão à rasca.
Volto a enfatizar a minha convicção: a Alemanha está a usar a União Europeia para fazer negócio (pelas suas exportações e pelas taxas de juro exigidas aos outros países) e a controlar a Europa toda por via da economia...e nós já vimos a emergência alemã há uns anos atrás...

desemprego-bate-recorde-na-espanha-e-cai-na-alemanha

A elite política...


Bem encontrei dois textos de opinião num jornal, o Metro, um de uma jornalista outro de um cidadão indignado com o Estado a que isto chegou:

"O povo português tem sido confrontado com medidas de austeridade que o empobrecem de dia para dia. Os que têm trabalhado sentem os efeitos dos cortes de salários e pensões, da redução dos subsídios e dos aumentos dos preços. Sabemos de notícias de pessoas desempregadas em situações de dificuldade extrema. No meio das preocupações reais, que causam sofrimento, aparece Eduardo Catroga. A sua nomeação como presidente do conselho geral da EDP foi mal recebida e há motivos naturais para isto acontecer. O Correio da Manhã dava conta que Catroga irá receber 45 mil euros por mês, além da pensão de reforma de 9.600 euros, que acumulará com o novo ordenado. Quanto ao vencimento, ouço e leio a indignação, mas a verdade é que ninguém tem nada a ver com isso. Quanto à reforma, a questão parece ser outra. ser legal que as pessoas no ativo possam abdicar do salário em detrimento de uma reforma dourada já é suficientemente difícil de entender. Ser legal acumular reformas douradas com vencimentos milionários é simplesmente anormal. Não admira que a paciência da maioria, a quem se exige todos os sacrifícios, esteja por um fio. O parlamento tem trabalho pela frente: estabelecer um plafond para reformas e criar leis que impeçam a acumulação das mais elevadas com ordenados. Entretanto, Catroga resolveu exteriorizar o seu pensamento: "50% do que eu ganho vai para impostos. Quanto mais ganhar, maior é a receita para o Estado com o pagamento dos meus impostos, e isso tem efeito redistributivo para as políticas sociais". Mas que sorte tem o país. Aliás, se não fosse o Catroga a trabalhar não sei o que seria de nós".

Carla H, Quevedo, na crónica Dor de Cabeça, Jornal Metro 13-1-2012
Sr Catroga e o novo tacho na EDP


"Desde que a ruína, financeira e moral, se instalou na República Portuguesa, regime que há um século está à frente da governação de Portugal, que um autêntico batalhão de economistas vem agora, e a toda a hora e momento, afirmar (...), que o Estado social que temos é insustentável, pelo que os mais carenciados, desempregados, os que tudo perderam, pensionistas com reformas de miséria e todos os utentes do Serviço NAcional de Saúde, têm de pagar o "luxo" em que têm vivido e pelo qual são os principais responsáveis pelo desregramento do estado da Nação. Essas e outras afirmações, são criminosas (...)". José Amaral no Correio do Metro, 13-1-2012

Sim, não admira que ande muita gente pelos cabelos com estes políticos porque eles exigem esforços enormes aos portugueses e são os primeiros a não fazer nenhum esforço, continuando a ser uns seres à parte de toda a sociedade. Os políticos portugueses são a elite das elites, nenhum outro trabalhador tem direito a receber reforma estando no activo, muito menos acumular reformas chorudas por anos de mandato e cargos políticos desempenhados, tudo claro pago pelos contribuintes, mais as regalias que exigem como motoristas, despesas de representação como estadias em hotéis de luxo, viagens em 1ª classe, e restaurantes gourmet (há casos particularmente chocantes de secretários de Estado a gastar 8.500 euros de dinheiros públicos por mês só em restaurantes...são despesas de representação).
O caso do sr. Catroga infelizmente é só mais um dos muitos que há, outro caso particularmente chocante para mim é o do sr. Santana Lopes que já acumulou várias reformas políticas e agora está encarregue da Santa Casa da Misericórdia...
Mas as nomeações para a EDP são outra grande história mal contada: coincidência das coincidências os chineses escolheram para  os novos membros da nova direcção da EDP (agora totalmente privada...ou melhor nacional chinesa) tudo pessoal do PSD, e lá nem falta o ex-patrão do Passos Coelho, uma dessas pessoas eleita presidente é o sr. Catroga que foi braço direito do primeiro Ministro na negociação com a troika, uma das coisas acordadas era vender a EDP: bem mas que grande negócio que foi para ele vender a EDP!
E na TV o sr. Catroga ainda teve o desplante de dizer que embora continue no ativo vai continuar a receber os 9.600 euros de reforma mensal pagos pela CGDA (ou seja nós) e vai acumulá-la com o novo salário de 4500 euros por mês...ora o novo ordenado já não é da nossa conta mas o facto de o sr, ainda trabalhando e recebendo aquela quantia exorbitante, ainda vai continuar a receber a sua reforma (continuando a trabalhar)...isto num altura em que os portugueses têm o seu custo de vida aumentado, salários, pensões de miséria e reformas cortadas...há pessoas que trabalharam uma vida inteira e ganham 300 e poucos euros por mês...e vêm fulanos destes sorver os dinheiros públicos desta maneira ainda para depois dizerem que nós, contribuintes, é que vivemos à custa das nossas possibilidades por termos um SNS, educação gratuita, etc, etc, etc. Qual a necessidade do sr Catroga de continuar a sorver 9.600 euros ao Estado para  sua pensão continuando ele a trabalhar e ganhando 45000 euros por mês? com que moral, cretinos destes vêm.nos exigir sacrifícios e dizer que só saímos da crise empobrecendo? aquela foi a infame frase de Passos Coelho...tal e qual é nós empobrecendo e eles enriquecendo!
Para além disso as nomeações para a EDP estão envoltas noutro mistério maior, é que segundo as notícias de hoje o 2º maior accionista da EDP não foi convocado para discutir as nomeações...
Já para não falar de que o sr. Catroga para além de recusar veemente abdicar da sua reforma de 9.600 euros diz que é bom para o país ele ganhar muito dinheiro porque mais impostos vão para os portugueses. (não acredito que desconte 50% do que ganha)..ora então, sem dúvida que sem muitos catrogas o país não seria o que é, por isso temos de agradecer aos políticos...
Outra coisa engraçada é quando uns partidos ganham empregam em empresas públicas ou semi  - públicas só pessoas do seu partido, e dizia o Sr. Passos Coelho que não ia haver jobs for the boys quando agora se vê o moço de recados que ele é ao fazer o favor de colocar amigos partidários à frente de empresas de gestão pública...aliás Passos Coelho foi um dos que mais nomeou partidários, mais de 1000 tachos oferecidos aos social democratas e compadres do CDS...depois diz que as pessoas são escolhidas pela sua competência...parece que para ser-se competente tem de se ser do PSD ou do CDS...e há uns meses atrás era ser do PS...
(ler: jobs for the boys só nomeações).
Faria assim mais sentido chamar-mos às empresas PSD água, PSD EDP e assim por diante...
Só tachos...
fartos de ver este flme?

E agora até podemos pegar pela maçonaria, uma organização secreta e poderosa cujas personalidades são acima de tudo políticos e grandes capitalistas...os maçons do antigamente eram opositores políticos e lutavam pela igualdade de direitos entre outras coisas bonitas, mas os novos maçons são do governo e estão mais preocupados em arranjar formas de encher o seu bolso. mas há mais, houve até o caso de um maçon, político, que usou dinheiros públicos  para decorar o seu gabinete com símbolos da maçonaria...largos milhares de euros...

Mas estou a gostar de ver as pessoas a acordarem, eu não acredito na história deles de pagar a crise, até porque eles (políticos e grandes empresas) estão a fazer um grande negócio com a crise diga-se de passagem (grandes empresas portuguesas nem pagam impostos em Portugal...preferem pagar menos noutro país da Europa, ajudando as finanças dos outros países e vindo depois buscar cá o lucro).
A crise vai continuar a aumentar quanto mais as pessoas se calarem, mas eu começo a ouvir descontentamento cada vez mais acentuado, mas desta vez não é resignação: NÃO! não pode haver resignação quando duplicam reformas douradas e os políticos multiplicam rendimentos com cargos públicos, enterrando o país e levando pessoas para a miséria e desemprego. A tal situação que o Cavaco advertiu de "situação explosiva" está prestes a acontecer, e os gloriosos dias da política como meio para ser milionário estão contados. Disso eu tenho a certeza.


Mais:
duplicaram-as-reformas-douradas
portugal-um-pais-de-chulos
vergonha-nacional

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

legalizção das barrigas de aluguer



Com tantos problemas que o país está a passar agora o governo quer discutir a temática das barrigas de aluguer e legalizá-las e conta para já com o apoio de quase todos os partidos (PS,PSD, CDS e BE) apesar de o PSD dizer que só seriam legais barrigas de aluguer para casais heterossexuais.
psd-propoe-barrigas-de-aluguer-e-da-liberdade-de-voto
Acho incrível com tanta gente na miséria se poder pagar o aluguer da casa e com o país a ser alugado por capitais estrangeiros agora venham com esta ideia descabida de alugar ventres.
Não deixa de ser contraditório vindo de um partido democrata cristão num estado laico (CDS e PSD) que sempre se opuseram ao aborto agora quererem legalizar as barrigas de aluguer como forma de reprodução medicamente assistida desde que também isso não seja usado para negócio.
Na minha curta existência de vida tenho visto de tudo e presenciado a espiral de degradação moral no Mundo: desde casais americanos e europeus que pagam aluguer de barrigas a mulheres muitas delas que vivem em países pobres como a Índia e carregam durante 9 meses as células em formação dos pais ocidentais para depois do nascimento do filho (de quem mesmo?) receberem uma ninharia que vão usar para alimentar os seus genuínos filhos e restante família numerosa, até em jornais portugueses já vi anúncios a clínicas de reprodução medicamente assistida que diziam: "seja solidário: doe esperma e óvulos" até casos de parideiras profissionais ue ganhavam a vida a parir os filhos dos outros ou até mesmo delas (para quem não sabe o ventre pode acomodar o óvulo da mulher que tem o ventre hospedeiro mais o espermatozóide de um homem ou pode mesmo acolher só o esperma e assim tecnicamente produzir o seu filho que será depois doado perante uma módica quantia). E parece que é uma moda que ganhou muitos adeptos em especial celebridades como Ricky Martin, Michael Jackson e Cristiano Ronaldo.
Qual será o próximo passo, legalizar a pedofilia? (coisa aliás que já foi defendida por políticos holandeses...vejam esta degradação...não tem limites)
Já escrevi muito sobre isto, basicamente acho nojento quer se faça negócio ou não com a vida das pessoas pois isto não é não é caso para negócio nem caso de solidariedade. Senão conseguem ter filhos adoptem crianças não inventem.
A minha opinião:
bancos de esperma, barrigas de aluguer e outras maneiras tolas de criar o produto humano
de esperma e ovulos seja heroi por uma vida

1ª visita da China



Hoje tive outra surpresa no blogue, recebi uma visita da China, sim nas estatísticas dizia China e não Hong Kong como já aconteceu.
Engraçado foi o país que nunca me lembro de ter visitas, até já recebi visitas de locais como Líbia, Egipto e Iraque (no blogue em inglês) mas da China nunca antes.
Afinal a internet lá é censurada ou pelo menos controlada na China e há inclusive um grande atrito com empresas cibernaúticas como a google que são frequentemente bloqueadas. Engraçado foi também já ter lido que os chineses compraram o motor de busca yahoo (não todas as acções acho).
Se eles se põem a comprar mais dívidas americanas e europeias e ainda por cima motores de busca da internet...então aí estamos tramados nem acesso à informação e liberdade de expressão teríamos.
Em todo o caso foi uma agradável surpresa receber a primeira visita da China mas com certeza sou uma opositora ao regime político chinês, aliás sou uma opositora política de tudo o que seja políticas ditatoriais ou democráticas fingidas, os únicos sistemas de governação que apoio são os escandinavos pela sua igualdade social e transparência.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

China: megapotência mundial


Napoleão Bonaparte sabia do que falava quando disse: "quando a China despertar o Mundo vai tremer"
Com a entrada para a OMC (Organização Mundial de Comércio) a China passou a ser a fábrica do Mundo e viu as suas reservas  cambiais aumentarem de 200 mil milhões de dólares pra 3 biliões,  sendo 1/3 desse valor dívida pública americana.
O gigante asiático converteu-se no maior banqueiro mundial  e num actor indispensável à resolução de praticamente todas as crises internacionais. esta emergência pacífica  representa uma mudança de paradigma para a qual muitos não estavam preparados e que tem despertado múltiplas inquietações. os capitais da China infiltram-se em tudo o que é sítio e essa é uma tendência que veio para ficar.
Muito recentemente a China destronou a Alemanha em 2009 e hoje é o maior exportador mundial o que levou a superavtis comerciais e permitiu grandes reservas de divisas. nenhum país tem mais dólares armazenados, sobretudo sob a forma de títulos da dívida dos EUA e ultrapassa já todas as reservas somadas da UE, Japão e Rússia. No entanto, segundo um estudo da consultoria Mckinsey, a Europa ainda controla 30% dos mercados financeiros globais enquanto a China se fica pelos 8%.
A seguir aos EUA, a China é o maior consumidor de ouro negro: o petróleo que usa provem 50% do médio oriente e África (30%) sobretudo de Angola...assim se percebe a preocupação geostratégica da China com o mundo islâmico e no espaço lusófono (antes de comprar a EDP a China já tinha comprado 30% da Galp no Brasil).
A verdade é que os chineses têm dinheiro enquanto os demais países acumulam défices, dívidas e crescimentos anémicos. No entanto na China 700 milhões de pessoas vivem com menos de 1 euro por dia. Já para não falar que a China é uma ditadura comunista em que tudo está sob domínio do estado, os media são todos alvos de censura e manipulação inclusive a internet é censurada na China.
O nobel da economia Robert Fogel acredita que a China vai crescer a um ritmo médio anual de 8% até 2040, data em que passará a deter 40% do PIB mundial e os seus habitantes vão ter endimentos per capita dez vezes superiores aos europeus.
O estudo de um relatório da European Council of foreign relations diz que a China se está a aproveitar de situações precárias em Portugal, Espanha, Itália e Grécia . Estes 4 países representam 30% do total das aplicações chinesas na Europa. Outro alerta dado por um documento the scramble for Europe (a corrida pela Europa) prende-se com a consequência desta entrada de dinheiro que os 27 estados membros da UE podem vir a pagar em matéria de direitos humanos, ambiente e até de regras de boa governação.

fonte: Visão (Janeiro 2012): "Como a China nos quer comprar"

Uma revista Visão (do mês de Fevereiro de 2012) dá diz que 224 mil milhões é o défice da balança comercial dos EUA com a China

Ora bem a China cresceu exponencialmente através da escravatura, os chineses recebiam e recebem ainda tão pouco e trabalham tantas horas sem se queixarem nadinha que aquilo fica quase de graça...para os grandes empresário...por isso é que fica mais barato fazer qualquer porcaria na China e fazer as mercadorias viajarem milhares de km para os vender: é muito mais rentável fabricar tudo na China por causa disso, bem como pelo facto de os empregados serem tão obedientes que nem fazem greves, aliás nem há sindicatos...já para não falar em liberdade de expressão, e quem diz liberdade de expressão engloba muitas mais liberdades. Para além de que as regulamentações ambientais na China são quase nulas ou mesmo inexistentes...o que sai muito mais barato ao investidor crápula sem escrúpulos.
Por isso mesmo imensas empresas europeias, canadianas e americanas desmobilizaram a sua produção para a China, mas com o objectivo de continuar a vender os seus produtos na Europa e na América. Afinal se um empresário pode dar-se ao luxo de escravizar legalmente um empregado e poluir o ambiente a seu belo prazer economizando imenso dinheiro para quê ficar na América ou na Europa a pagar ordenados justos aos trabalhadores? mais os  impostos, subsídios de férias e natal (como acontece/ia em Portugal) e mais a imposição de cumprir as regulamentações ambientais adequadas?
Por isso é que as empresas mudaram-se para a China e agora as nossas fábricas aqui fecharam e os nossos trabalhadores ficaram no desemprego. Fácil de perceber não?
É incrível como ficou mais rentável para os grandes empresários vender coisas feitas do outro lado do Mundo! Tudo porque a escravidão moderna passou a ser encarada como natural e até um mal necessário ao desenvolvimento de países menos industrializados e pobres como China, Índia, Bangladesh, Indonesia, Vietname etc inclusive escravatura infantil. E nós todos vamos fazendo vista grossa como senão tivéssemos nada a ver com isso e continuamos a pagar somas avultadas pelos ténis e roupa de marca feita nesses países por escravos modernos. Assim o empresário lucrou imensamente mais: mantém o preço do produto mas reduz substancialmente o preço de produção. Às tantas vai-se a ver e o custo de produção é mais o custo de transporte pois aqueles trabalhadores miseráveis (alguns dos quais crianças) só lhes pagam o necessário para não morrer à fome ou então prometem não lhes balear.
Mas também há coisas ridiculamente baratas vendidas aqui produzidas nesses sítios, já cheguei ver malas a 2,5 euros!
Já para não falar que li num jornal a notícia de uma fábrica de telemóveis na China onde os trabalhadores só tinham tempo para dormir e trabalhar, moravam na fábrica, trabalhavam quase todo o dia, sem nenhuma folga nem fins de semana...alguns não aguentavam a pressão e suicidavam-se então puseram grades nas janelas da fábrica para as pessoas não se atirarem mais.
Mas qual será o interesse da China em escravizar o seu povo?
Certamente não será escravizá-los indefinidamente até porque está uma classe média a crescer, por isso creio que isto foi só uma forma de atrair todo o volume de negócios mundial para a China...a partir daqui a China poderá deter todas as patentes de tecnologias industriais mundiais...e aí meus caros, o mundo passará a ser literalmente todo deles.
Neste caso não teremos nada: as nossas tecnologias estarão fora do nosso alcance e seremos nós sim, depois, os escravos dos chineses.
Como se isto não bastasse agora a forma mais descarada de dominar o Mundo pela economia é comprar empresas públicas de outros estados...empresas essas que passam a ser de domínio chinês. Aqui vamos tendo uma amostra do esquema como a venda da EDP em Portugal, Galp no Brasil e interesse na compra da REN em Portugal já para não falar nos bancos portugueses...mais alguma coisa?
Mas não é só Portugal que China anda a comprar aos retalhos, é o mundo todo literalmente.
O exemplo de Angola, país que se diz comunista, houve um acordo entre Angola e a China e o que se viu depois foi que Angola ficou infestada de chineses que construíam cidades em tempo recorde enquanto os angolanos ficavam desempregados a verem outros construírem o seu país...e os angolanos emigrados em Portugal também ficavam a ver navios já que aqui a construção civil já deu o que tinha a dar. Vejam só até empregos às pessoas no próprio país os chineses conseguem abocanhar!
Para além disso a China é um país com ligações diplomáticas à Coreia do Norte e Irão que como sabemos são inimigos do Mundo acima de tudo pelo seu desrespeito pelos direitos humanos e dos animais bem como serem ditaduras...já o Irão e Coreia do Norte são confessos detentores de arsenal nuclear e a sua posse de tal mortífera tecnologia faz literalmente o Mundo tremer.
A partir do momento em que a China anda a comprar dívidas de Estados, bancos de Estados, empresas e patentes tecnológicas...não há dúvida alguma que o seu real interesse é controlar tudo e todos...e eu creio que isso não será benéfico.
Por isso proponho boicote geral a produtos chineses (se bem que é quase impossível) e exigir dos governos que as nossas empresas regressem onde estavam senão vão à falência porque não lhes compramos nada...mas isto precisava de uma aderência brutal e as pessoas continuam a não querer saber...
Ainda me lembro este ano de ouvir dizer nas notícias que " China quer comprar dívida pública portuguesa". De início fiquei em choque perguntei a um conhecido meu a análise que ele fazia disto e ele disse: " basicamente deve significar que são donos de Portugal".
Infelizmente parece não andar longe da verdade...

"A China é um mercado hipócrita que é concorrência desleal, fabricados com mão de obra escrava, que o Ocidente tanto se insurge, mas cinicamente apoia, em nome do lucro."

mais: made-in-china

20 mil


Hoje foi com muito agrado que reparei que ultrapassei a barreira das 20 mil visitas no blogue.
Não sei bem ao certo que leitores tenho, até mesmo os mais próximos porque não costumo receber feedbacks do que escrevo apenas alguns likes no facebook e por isso nem sei se essas tais pessoas dos likes leram mesmo o que escrevi...até agora só tenho conhecimento de pelo menos dois leitores assumidos.
Mas o que é certo é com muita surpresa minha o blogue já foi visto nos mais diversos países de todos os continentes (menos na China, onde só houve conexões de Hong Kong), e o mais engraçado é que este blogue está em português por isso naturalmente tem muito mais visitas do Brasil e Portugal, e a seguir no top de visitas  estão por ordem decrescente: os EUA, Alemanha, Rússia (!), Dinamarca, Angola, França, Reino Unido e Espanha.
Nunca pensei ter milhares de visitas, acidentalmente ou não, mesmo que as pessoas leiam ou não mas acho piada a poder publicar assim desta maneira tão fácil assuntos que ache importantes e até opiniões e convicções minhas e poder partilhar isto tudo com o Mundo.
O blogue começou só como uma forma de poder seguir outros blogues de forma mais fácil, então abri uma conta, depois lá tentei escrever umas coisas no blogue mas as coisas mais antigas que escrevi há cerca de 3 anos atrás são de uma pessoa totalmente diferente. Na verdade eu nem sabia bem o que fazer do blogue a minha primeira mensagem foi sobre uma ainda recente paranóia minha por um vocalista de uma banda: os My Chemical Romance, por isso confesso os primeiros posts eram levianos e de uma miúda dita normal vá.
Blogues de pessoas que conheço também eram um pouco assim, mais pessoais e expunham a vida de cada pessoa individualmente, voltada mais para si (hoje vi este filme, gosto desta série, fui passear ali, etc)...mas eu decidi voltar-me mais para assuntos do Mundo até porque a minha vida individual não tem absolutamente nada de extraordinário: estou sempre sozinha e quando não o estou faço por estar, para além disso sigo uma rotina diária pouco diferente de todos os dias, claro que como estudante a maior parte das vezes estou a sentada a estudar engenharia numa faculdade puramente teórica em que não aprendo nada e o pouco que aprendo não tem interesse algum, para além de não perceber mais de metade do que estudo e qual a sua utilidade (se é que tem alguma), nunca saio com amigos até porque não os tenho (se os tivesse eles iam querer estar comigo não é?), leio muitos jornais e revistas, gosto de fazer desporto em especial natação, sou vegetariana, gosto de música e vou a vários festivais e concertos apesar de nunca ter aprendido a tocar nenhum instrumento, sou super impopular na faculdade e nos meios sociais em geral, tenho a mania de dizer o que penso e da maneira que me apetece dizê-lo e acho que só criei o blogue para não falar literalmente sozinha ..interessante não é?
Para além disto esta clausura ou inabilidade fez-me fechar ainda mais no entanto senti sempre falta de poder falar de coisas a sério, do que penso mesmo, e do que sinto mesmo até porque as pessoas não gostam de ouvir as coisas que tenho para dizer...sou aborrecida talvez, então temas políticos, económicos ou até um pouco mais científicos esqueçam. A verdade é que fora do blogue não tenho mesmo nenhum outro meio de mostrar o que penso...mas então foi uma agradável surpresa saber que os temas censurados por colegas meus e familiares são pesquisados na net...e algumas pesquisas vieram ter aqui...o que quer dizer que o que eu digo até pode nem ser tão desinteressante quanto isso (o que vem corroborar a minha convicção de que a culpa de ser anti-social pode não ser só minha mas também do facto de não conhecer pessoas interessantes e isto é mesmo falta de sorte porque gostava mesmo de as conhecer pessoalmente).
Mas este é um sentimento comum que eu tenho, sinto que não tenho ninguém para partilhar opiniões e pontos de vista...até porque a maior parte das pessoas que conheço nem parece ter pontos de vista. O mundo delas roda só à sua volta de modo que falar de coisas à parte do seu quotidiano normal não lhes interessa de todo.
A verdade é que até me acho uma pessoa comunicativa mas por mais que tente a minha vida social sempre foi um desastre, porque simplesmente toda a gente que conheço não está interessada em ouvir-me falar dos meus temas preferidos.
Acho que foi por isso que comecei a fazer deste blogue um local só meu mas onde pudesse partilhar as minhas visões com o Mundo: My Universe.
Os meus temas preferidos são política, economia e ambiente. Política sei que é chato mas é importante pois infelizmente é a política que governa nações, e sem uma boa política estamos todos mal...esse é o exemplo actual de Portugal.
Basicamente há notícias que saem, a seguir eu cito-os se achar importante e dou a minha opinião, mas sempre receptiva a receber as opiniões de outrem mesmo as negativas gostaria de as receber.
Há notícias vergonhosas sobre as políticas económicas, políticas e ambientais...o que eu faço é só um eco dessas notícias, materializo-as e arquivo-as no blogue com todas as fontes em que me baseio, espero informar as pessoas e incentivá-las a dar a sua opinião, desenvolver o seu sentido crítico e levá-las a mudar as coisas que estão erradas.
Por isso no fundo este blogue não é um blogue de nada em especial, é só uma página em que falo do que me vem pela cabeça...e são mesmo muitas coisas. Para além disso sempre gostei de escrever e deixei de o fazer há anos quando comecei a estudar ciências, mas a verdade é que sempre gostei de escrever.
Inspirei-me em todos os blogues de pessoas que têm personalidade forte e espírito crítico sem medo de expressar as suas convicções, muitos dos quais falam verdades que não são divulgadas pelos media normais que têm mais hipóteses de serem controlados por governos ao contrário do espaço livre da internet.
Quem sou eu? nada nem ninguém para dizer a verdade, sou só mais uma pessoa no Mundo mas talvez seja mais rebelde e crítica que a maioria, gostava que o Mundo fosse melhor que é e sei que para isso acontecer temos de agir todos juntos.
Tenho também um blogue em inglês: http://celta-myuniverse.blogspot.com/
A todos os leitores fica aqui o meu agradecimento, e já sabem quaisquer críticas e opiniões são bem recebidas.
Obrigada!

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

salários mínimos europeus...

Ler mais no blogue c-de.blogspot.pt

Jornal "Metro", de Lisboa de 18 de Setembro de 2012

"Dos países Portugal, Irlanda, Grécia e Espanha (também conhecidos por PIGS), Portugal é o que tem o salário mínimo mais baixo, mesmo igualando o poder de compra. O salário mínimo português é metade do da Irlanda e menor, em 200 euros do que o grego."

ver em http://www.pordata.pt/

(dados de 2012) Pordata -->Europa-->Emprego e Mercado de Trabalho-->Salários--ASalário mínimo nacional- valor médio mensalizado (PPS)


Como senão bastasse com o novo imposto da TSU querem retirar 100 euros ao ordenado mínimo que se fixará (se isto for mesmo para a frente) nuns míseros 400 euros! (ler mais em: Caro primeiro-ministro).


Isto tudo torna ainda mais intolerável coisas como estas:


"Reduzir salários é uma urgência!"
Krugman defende ordenados baixos em Portugal
Portugal: único país onde a austeridade exigiu mais aos pobres que aos ricos
Reformas de miséria
Enfermeiros a dias
Portugal: um país de chulos
Portugal: o paraíso dos corruptos

domingo, 8 de janeiro de 2012

Duplicaram as reformas douradas


Estamos em crise, o país a enterrar-se a olhos vistos, os pobres pagam comparativamente mais que os ricos, Portugal é o 6º país mais desigual do Mundo e os políticos dizem que fomos todos responsáveis por termos chegado a esta situação. Ao mesmo tempo aumentam-se os impostos de quase tudo, reduzem-se as reformas de pensionistas na miséria e subsídios de desemprego anedóticos, aumenta-se exponencialmente os custos da saúde e até de transportes públicos, cortam-se subsídios de natal e férias, liquida-se a capacidade produtiva do país, nacionalizam-se bancos cujo dinheiro é saqueado dos contribuintes, os banqueiros responsáveis (muitos dos quais amigos dos políticos) evaporam-se, vivem em condomínios de luxo fechados com pulseira eletrónica aproveitam-se da ineficaz e lenta justiça portuguesa e ficam imunes, ao mesmo tempo vendem-se empresas lucrativas e estratégicas como a EDP a estados estrangeiros, os ricos donos de grandes empresas fogem aos impostos em Portugal e pagam-nos na Holanda onde é mais barato...no entanto é aqui que continuam a lucrar, liquida-se a nossa capacidade produtiva, vendemos costas de pesca aos estrangeiros e não podemos pescar no nosso mar...e ao mesmo tempo o que acontece??????duplicam-se as reformas douradas! Isto é as reformas de luxo das elites (nomeadamente políticas ou de gerentes de empresas públicas ou publico-privadas).
Pois é em oito anos, as tais reformas douradas duplicaram e custam à CGA (Caixa Geral de Aposentações), isto é ao estado português ou seja a todos os contribuintes portugueses 21,6 milhões de encargos anuais!
O que é os políticos fazem: aumentam-nos a idade da reforma, reduzem as reformas de pessoas honestas que trabalharam uma vida toda e eles? bem eles podem trabalhar 4 anos como deputados de um mandato e depois têm logo a sua reformazinha à volta de 4000 euros, e se depois voltarem à vida política podem acumular mais reformas como presidente de junta de freguesia, de câmaras municipais, etc, etc. Há até fulanos a receber 10000 euros de reforma do estado! Hã! não é qualquer brincadeira! E o que fizeram pelo país? Nada de especial, apenas nos enterraram mais.
A mim dá-me nojo os portugueses sustentarem estes parasitas!
Ler: reformas douradas
Hoje mesmo ouvi na televisão casos de políticos que gastavam 6000 euros por mês em almoços e jantares pagos pelo Estado, eram despesas de representação dizem...um dos quais era secretário de Estado da Justiça (repito justiça) que gastou 8.500 euros a almoçar e jantar e restaurantes em Portugal num mês...em despesas de representação (para ter representantes destes mais valia não os ter). Que vergonha! Agregados familiares a viverem com menos de 500 euros por mês e esta escumalha a gastar 6000 euros, 8000 euros de dinheiros públicos em almoços e jantares em restaurantes gourmet, e com certeza convidam a família toda mais os amigos. Andam famílias a passar fome e a pagar impostos para estes cretinos se usurparem assim de dinheiros públicos!
Perante isto, creio já terem entendido o porquê de o dinheiro se esvaziar e estarmos na miséria...à conta destes chulos!
Teremos todos responsabilidade? sim! No fundo temos porque deixámos esta escumalha toda fazer o que quiser sem nos revoltarmos a sério e acabarmos com esta chulice toda!
Eles vão enterrando o país e o povo aguenta, mas tenham cuidado porque qualquer dia a bolha rebenta! E está quase a rebentar...

mais casos de chulice:
 portugal-um-pais-de-chulos
portugal-desigual

tugafalante.blogspot.com

Ainda vem dizer o Passos Coelho que os políticos ganham mal:


sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Portugal é o único pais onde a austeridade exigiu mais aos pobres que aos ricos



Portugal (ou deverei dizer Poortugal) é o único país onde a austeridade exigiu mais aos pobres que aos ricos. Esta conclusão é de um estudo da própria comissão europeia que foi dada a conhecer pelo Jornal de Negócios em Portugal. O documento analisou as medidas tomadas entre 2009 e 2011 nos seis países mais afectados pela crise. Ora na comapração entre Grécia, Estónia, Irlanda, Reino Unido e Espanha, Portugal é o país com maior risco de pobreza devido a consolidação orçamental.A população em risco ultrapassa agora os 20% ou seja uma em cada cinco pessoas. De acordo com o estudo Portugal é o único país onde proporcionalmente os pobres pagaram mais que os ricos!


Ver para crer: Portugal-e-o-unico-pais-que-exigiu-mais-aos-pobres-do-que-aos-ricos e jornaldenegocios

Já este ano um estudo da OCDE classificou Portugal como o 6º país mais desigual do Mundo (ler: portugal-campeao-da-desigualdade-social).

Para onde caminhamos portugueses? acabem de vez com a fossa letargia mortal temos de fazer crer aos políticos que não estamos mais para aguentar isto. Em 2012 tudo para as ruas, é preciso uma outra revolução, mas desta vez sem deixar os pestilentos dos governos levarem o país à ruína.
Está na hora de acordar!

Insurgentes!





Decidi aderir a moda de comentar coisas no facebook dos políticos (ler: facebook-dos-politicos e mensagem-de-ano-novo-do-presidente),agora sim sinto-me uma rebelde à séria!
Escrevi na mensagem de bom Natal do primeiro Ministro: "essa mensagem de boas festas só pode ser uma brincadeira de mau gosto" e na foto do sorridente Presidente da República "vocês enterram o país e o povo aguenta mas tenham cuidado que um dia a bolha arrebenta", nada de especial comparado com tudo o que li até agora.
E então juntei os meus comentários revoltosos a muitos outros de mais cidadãos que referem coisas como as reformas chorudas de políticos no activo e reformados e expressas exigências de cidadãos  que tentam solucionar a crise com sugestões de cortes para a classe política, tais como:
"Exigimos:
Reduzir os salários de TODOS os cargos políticos em 50%.
Retirar TODOS os subsídios, abonos ou subvenções. Apenas poderão auferir o salário.
Limitar o salário dos cargos políticos, ao valor de 5 salários mínimos (+/- 2.500 € ?)
Apenas poderão auferir UM salário.
Reforma para os políticos aos 65 anos de idade, como todos os outros portugueses."

Mais uma vez digo, são centenas e centenas de comentários de revolta de portugueses directamente nas páginas dos políticos.

Eles que temam então porque a bolha está mesmo quase a rebentar!

Pingo Amargo


Pois é a empresa Jerónimo Martins, dos hipermercados Pingo Doce ,um dos maiores importadores de Portugal,  deslocalizou a empresa de Portugal para a Holanda, onde vai pagar menos impostos. Parece que não são só os portugueses como indivíduos que estão em massa a seguir o conselho do Primeiro Ministro de emigrarem, agora os capitais também estão a emigrar.
 Mas a par do Pingo Doce há outras empresas  portuguesas também têm sede na Holanda onde pagam lá os seus impostos como a EDP, a ZON, a Brisa, a Mota-Engil, a Sonae, entre outras.
 É uma evasão fiscal legal mas eu e os portugueses também temos muita pena de também não pagarmos os nossos impostos nas Seyschelles ou pôr o nosso dinheiro seguro em offshores e paraísos fiscais em vez de ficarmos na miséria se algum dos bancos geridos por esses grandes gestores falir!
Pois é nós também não gostamos que o IVA tenha aumentado em quase tudo, até bens alimentares,  até à taxa máxima de 23%, também não achamos grande piada a pagar SCUTS, as estradas que já estavam pagas e agora vão voltar a ser pagas, as portagens da Ponte 25 de Abril, uma obra do tempo do Salazar que já está mais que paga, não gostamos de pagar mais impostos municipais (IMI), nem mais impostos de circulação para poder andar de carro, pagar mais de passe e tarifas de transportes, taxas moderadoras na saúde (até mandar um e-mail ao médico vai custar 3 euros) etc, etc, etc mais todos os novos impostos que o Estado se vai lembrar de nos cobrar.
Esta é grande empresa importadora de tantos produtos o que por sua vez intensificou o nosso défice comercial e que como todas as outras grandes empresas são as mais protegidas pelo Estado pagando comparativamente poucos impostos no que se refere a pequenas e médias empresas. Ou seja estas grandes empresas já contribuíam para pouca % do PIB nacional, que se passa? achavam que ainda pagavam muito? não querem pagar nada?
É indecente que a Jerónimo Martins facture mais de 8 mil milhões de euros anuais mas recuse-se a contribuir para o país que lhes dá os lucros!
E depois vêm-nos falar de sacrifícios, que todos temos de fazer um esforço pelo país, quando são precisamente os mais ricos que são os que menos contribuem ...
Quem ficará cá para aguentar isto? é triste ver pessoas a dizerem que querem emigrar porque já não conseguem viver aqui, trabalham para pagar as contas e as dívidas enquanto vemos os políticos, os ex-políticos, os banqueiros e os grandes capitalistas a viver na maior sem contribuir um tusto para a nação!
Sou uma pessoa interventiva, tento fazer a minha parte na resolução dos problemas, digo aos meus pais o que penso mas a maior parte das vezes eles não querem saber, tento falar com as pessoas de fora de casa é a mesma letargia e falta de argumentação ou até de raciocínio crítico...estas atitudes irritam-me. Por exemplo, digo aos meus pais para irmos à praça e eles vão ao continente  (da Sonae), ao pingo doce (Jerónimo Martins) e ao Lidl ( empresa alemã)! Sinceramente já lhes avisei que devemos consumir o que é português e ajudar as pequenas e médias empresas mas eles não me ligam nenhuma, como ainda não tenho rendimentos (e por este andar nem devo vir a ter) não posso ser eu a comprar nada! Ter de lidar com pessoas assim ,especialmente da família, é frustrante demais...assim como posso sentir-me parte da mudança e incitar as pessoas a fazer o mesmo?
Mas continuando com a desmobilização das empresas, eu acho que como forma de protesto era mesmo boa ideia boicotarmos produtos do pingo doce especialmente os importados! Mas que raiva! temos um clima tão bom para quê ir comprar maçãs, laranjas e outras frutas que há no nosso clima à Espanha, França, etc? Uma vez no Pingo Doce tentei comprar fruta mas não consegui, era tudo estrangeiro, até romãs de Israel!
Escavacaram o país de todo os ladrões de fora e os dentro, apostem comigo que se o vinho pudesse ser produzido em estufas alemãs a Alemanha através da UE até pagaria aos portugueses para não produzirem (e eles por ingenuidade ou por o custo de produção ser superior ao de lucro com a carga fiscal altíssima e preços super baratos que só os Hipermercados fazem iam aceitar claro...e depois nós iríamos comprar esses produtos importados)...mas pelo menos o vinho não dá porque o nosso clima é único e dos poucos propício à sua produção...mas quem diz vinho diz verduras e frutas...todas as que podemos produzir neste clima e não produzimos nem compramos a quem as produz!
O que era mesmo bem feito era todos os portugueses começarem a boicotar produtos estrangeiros quando há produtos nacionais como alternativa, falo até por mim, os meus pais têm um bom rendimento então para quê comprar fruta estrangeira quando há portuguesa só para poupar uns cêntimos? É que o barato sai caro e já estamos a pagar essa dívida que também se deve a uma importação excessiva o que causa o tal défice na balança comercial!
O Pingo Doce tem como slogan: "sabe bem pagar tão pouco"...sem dúvida que eles pagam muito pouco: de salários aos funcionários e até de impostos!


 Post relacionado: Dia 1 de Maio ainda é feriado?

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

A Crise das Dívidas Soberanas



Já que estamos numa onda de achar buracos orçamentais e pagar dívidas vamos olhar com olhos de ver para a real dimensão mundial das dívidas soberanas:
Japão: é o país com a maior dívida pública do Mundo (quase 200% do PIB).
EUA: 2º país mais endividado do Mundo que têm que ir buscar aos mercados financeiros cerca de 2 milhões de milhões de euros (engraçada esta dívida pública vinda de um país sem acesso público gratuito à saúde e com um sistema de ensino público decadente...se calhar tanta dívida é das guerras todas que andaram a semear no planeta).
Na Zona Euro destacam-se a Itália (330 mil milhões de euros), França (238 mil milhões de euros) e Alemanha (220 mil milhões de euros).
Ainda na Europa, mas fora da zona Euro, segue-se o Reino Unido, que terá de angariar nos mercados 127 mil milhões de euros ao longo deste ano).
China e Índia são os países menos dependentes dos mercados, e estão a "comprar" o Ocidente: desde dívida pública (os chineses detêm já cerca de 60% da dívida norte-americana), a empresas estatais ocidentais (como a EDP em Portugal).

Portugal tem uma dívida de 78 mil milhões de euros por isso não percebo para que é que especialmente a União Europeia, e com destaque para a Alemanha e França, fazem tanta questão de espezinhar os "caloteiros" dos portugueses quando a Alemanha tem uma dívida 4 vezes  superior à nossa e a França uma dívida 3 vezes superior à portuguesa. Já para não mencionar que a Alemanha não pagou a dívida das duas Guerras Mundiais que eles próprios começaram aos países que invadiram e destruíram (nomeadamente a Grécia, tanto que há gregos a pedir as indemnizações que a Alemanha lhes deve já que a Alemanha se tem mostrado nada solidária estando a espremer tudo aos gregos...até chegando a sugerir que lhes vendam as ilhas vejam só).  Por isso "amigos" europeus parem de nos sugar o nosso sangue para encher de ainda mais dinheiro o BCE e foquem-se em solucionar também a vossa dívida em vez de desviar atenções e por favor  parem de nos chamar preguiçosos quando os portugueses o que querem é trabalhar mas aqui não há e por isso têm de emigrar.
É caso para dizer que com amigos destes ninguém precisa de inimigos!

fonte: jornal Metro 5-Janeiro-2012

Facebook dos políticos

O PM passos Coelho mentiu aos portugueses quando dizia que não cortava nos subsídios de Natal e férias (aliás disse-o no dia das Mentiras, dia 1 de Abril) e aplicou esses cortes que não estavam implícitos no memorando da troika: sendo mais troikista que a troika e depois desejando Bom Natal, o que se pode esperar de um povo traído? revolta...virtual mas sentida




Brutal! Agora ando viciada em ler as páginas de facebook de políticos, especialmente daqueles que fazem de maus da fita (isto é os que estão no poder porque a bem dizer não há bons nem maus há só péssimos naquele grande teatro cujo palco é o parlamento). Já tinha ido cuscar o facebook do Cavaco Silva porque no programa de TV "Estado de Graça" fartam-se de gozar com o Presidente a dizer que ele é um viciado no facebook, e foi engraçado ver os comentários mais frontais, directos e de "bota-abaixo" para com os políticos, confesso que fiquei chocada e até incomodada e contra comentários mais ofensivos.
Mas poça aquilo é um linxamento popular!
Hoje foi a vez de testar o facebook do 1º Ministro Pedro Passos Coelho, até deu para eu comentar sem pôr like na página e tudo!
Acho fantástica esta interacção democrática completamente livre entre o eleitorado e os eleitos...só tenho pena de quando acaba a altura das eleições se virem contra quem os elegeu e por mais liberdade de expressão que haja, e mais coisas erradas que saibamos que se fazem nada mude! 
No entanto Portugal é completamente livre de opiniões e isso é absolutamente fantástico! Que pensariam os governos chineses e norte-coreanos ou até americanos de um povo que fala assim para os políticos? íamos ser todos presos e perseguidos! Por isso para mim Portugal continua a ser fantástico em termos de liberdade.
O Primeiro Ministro, Pedro Passos Coelho, deixou uma mensagem no facebook de boas festas aos portugueses aquando da quadra natalícia (isto depois de ter ido muito além das medidas da troika e ter decidido cortar o subsídio de férias e de Natal aos portugueses...que os usavam para pagar dívidas e não propriamente para ir de férias ou comprar prendas). A sua mensagem de boas festas recebeu centenas de comentários ousados e destemidos e com fundamento mas também alguns muito insultuosos e ofensivos que só espelham uma revolta desmedida (mesmo que tenham razão para se sentirem assim) mas que não mostram nem argumentação alguma (do género chamar nomes como corno,idiota, camelo, filho da p****...e coisas piores), admira-me os assessores ou quem gere a página não apagar algumas citações excessivas e mal-educadas (vá lá até o facebook dos Homens da Luta tem moderação de linguagem). Só posso dizer que isto é liberdade de expressão ao mais alto nível e que por isso acho mal comentários insultuosos sem fundamento.
Mas depois disto tudo como ainda pude achar que estava a passar das marcas quando dizia certas coisas sobre políticos no meu blogue? Nada bate o que li hoje!
Aqui estão alguns exemplos de comentários de cidadãos indignados:


"Palhaço, mas qual Natal?Sabes lá tu o que dizes, tanto estudo tanto diploma e so te vejo é duas orelhas de burro e palas nos olhos, em ti e aos teus bons amigos que se sentam ao teu lado no Parlamento!Ganha vergonha nessa cara e emigra tu, nao fazes ideia do que é não ter Natal, casa, emprego, comida na mesa e tudo por tua causa palhaço!Continua a ajudar os teus amigos, os patrões e os empresários para garantires a tua reforma!Mas a tua sorte é nao haver coragem da parte dos portugueses pra te virarem a casa de pernas pro ar e assumir Portugal!"

"Somos governados por parasitas asquerosos do povo!"

"Neste tempo em que sacaste uma tolerância de ponto aos portugueses no NATAL,os deputados só vão trabalhar dia 3 de Janeiro de 2012 !!!!!!Vai-te lixar pá !!!!!!!!!!!!!!!!!!"

"Olhe, sr 1º ministro, você e os seus amigos Srs ladrões, ao aprovarem esta lei, é isto que acontece : 2 meses de renda em atraso ? - rua.
Mas: 2 meses de ordenados em atraso ? Não conta??
Onde devia cortar, carros, ordenados de políticos, subsídios, tudo mais, não corta. Quem trabalha, paga e ainda trabalha mais. Pudera, se no fundo de desemprego muitas vezes se ganha mais do que a trabalhar...
E agora, gostava de saber: dizer às pessoas para emigrar é digno de um PM?"

"Tenha coragem, seja justo e tome medidas não basedas em interesses judiciais, empresariais, jobbs for de boys agora laranjas.. Dê o exemplo começnado por cima, corte em deputados, em assessores, ministérios, carros topos de gama, viagens ao estrangeiro, despesas de representação entre outras. "

"gostava de lhe perguntar se não sentiu um pouco de vergonha com as conclusões do relatorio europeu que diz ser Portugal o pais que tomou as medidas mais drasticas para os pobres em defesa dos ricos"

"O Povo esta desiludido consigo, muito mesmo. faço-lhe uma APELO: SEJA UM POLITICO DIFERENTE DE TUDO O QUE CONHECEMOS."

"OS POLÍTICOS NÃO TEM ÉTICA, VERGONHA, DECÊNCIA, MORAL, SÃO UM BANDO DE ESCUMALHA CORRUPTOS DE PREDADORES COMO AVES DE RAPINA SEMPRE A VOAR SOBRE OS POVO DEBILITADO PELOS ABUSOS DELES ESPERANDO OS MAIS DÉBEIS PARA DEVORAR SUA CARNE E OSSOS. POLÍTICOS SÃO AS PIORES ESPÉCIES DE SERES HUMANOS, ISSO DANDO A ELES DEMASIADO CREDITO PORQUE NEM ACHO QUE ESTAS COISAS SEJAM HUMANAS!!!!!!!!!!!!"

"É doloroso ouvir um parasita como você pedir ainda mais sangue,suor e lágrimas ao povo para engordar a sua corja. Você é um nojo."

"Ainda vem desejar bom natal e ano novo!! só pode estar a gozar com a nossa cara. Não tem pingo de vergonha... o sr sabe por acaso o que significa a palavra solidariedade? de certeza que para si significa encher o saco com uma mesa farta á nossa custa. Sr 1º ministro poupe-nos das suas agressões"

"deixa o pais na merda nao ten algum respeito por nada ainda bem que nao esta ai por mim seu maldito"

"Sr primeiro ministro ,uma treta este filho da pppppp "
"cuspir-te na cara é pouco seu chulo!"

"CAMELO"

"DEMITA-SE"

"EMIGRE"

mas a mensagem que mais tocou foi:
"por favor senhor Ministro, eu amo o meu país, a cultura, as pessoas, etc... não me obrigue a emigrar, eu quero ajudar o país em que nasci e não fugir daqui... O meu lugar é aqui em Portugal. "

O melhor comentário que li na página do Sr. Primeiro Ministro aquando da sua mensagem de boas festas foi esta adaptação de um verso dos Lusíadas:

"As sarnas de barões todos inchados
Eleitos pela plebe lusitana
Que agora se encontram instalados
Fazendo aquilo que lhes dá na gana
Nos seus poleiros bem engalanados,
Mais do que permite a decência humana,
Olvidam-se de quanto proclamaram
Em campanhas com que nos enganaram!

E também as jogadas habilidosas
Daqueles tais que foram dilatando
Contas bancárias ignominiosas,
Do Minho ao Algarve tudo devastando,
Guardam para si as coisas valiosas.
Desprezam quem de fome vai chorando!
Gritando levarei, se tiver arte,
Esta falta de vergonha a toda a parte!

Falem da crise grega todo o ano!
E das aflições que à Europa deram;
Calem-se aqueles que por engano.
Votaram no refugo que elegeram!
Que a mim mete-me nojo o peito ufano
De crápulas que só enriqueceram
Com a prática de trafulhice tanta
Que andarem à solta só me espanta.

E vós, ninfas do Douro onde eu nado
Por quem sempre senti carinho ardente
Não me deixeis agora abandonado
E concedei engenho à minha mente,
De modo a que possa, convosco ao lado,
Desmascarar de forma eloquente
Aqueles que já têm no seu gene
A besta horrível do poder perene!"